O efeito das emoções na interpretação racional

Sebastião Lourenço Santos

Resumo


O estudo do efeito da razão e das emoções na interpretação humana pelo viés pragmático se justifica pelo fato de que no âmbito das ciências cognitivas – em particular as que fazem aproximações entre o papel da psicologia das emoções na atuação dos mecanismos racionais que operam sobre a interpretação humana – as investigações que envolvem o uso da linguagem consignada às emoções ainda serem bastante tímidas. Tomando como referência a Teoria da Relevância (SPERBER; WILSON, 2001), emparelhada aos estudos de Damásio (1994), o objetivo deste estudo é advogar em favor de uma integração mental que congrega razão, emoções na interpretação discursiva. A motivação que norteia o estudo parte do pressuposto de que na interpretação de enunciados conversacionais, o efeito do significado interpretado não é produto só da razão, mas é também, em alguma medida, afetado pelas emoções e sentimentos. O corpus que subsidia o estudo compõe-se da entrevista de um candidato à presidência da república brasileira no pleito 2018.


Palavras-chave


Emoção. Razão. Relevância. Interpretação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/soletras.2020.46988

Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br