A CONCORDÂNCIA VERBAL NA GRAMÁTICA DE USOS DO PORTUGUÊS (MARIA HELENA MOURA NEVES, UNESP, 2000)

Angela Rodrigues, Elias Alves de Andrade

Resumo


A “Gramática de usos do português”, em análise, editada em2.000 pela Editora da UNESP, resultado de pesquisa realizada pelaProfª. M. H. de Moura Neves, da UNESP, localiza-se no tempo pelomenos trinta anos após a introdução nas universidades brasileiras deestudos mais sistematizados de lingüística, sejam aqueles de cunhoestruturalista; oriundos das escolas européias, como a de Paris, comAndré Martinet e Bernard Pottier, de Copenhague, com Hjelmslev, e,principalmente, com a funcionalista de Praga, com Brändall, Karcevskye Roman Jackobson, no campo da fonologia; provenientesdos estados Unidos, como o behaviorismo, com Leonard Bloomfield,Zellig Harris, e mentalismo, com Edward Sapir, dentre outros, tendoesta última corrente inspirado em parte o surgimento da Teoria Gerativo-Transformacional nos anos de 1950, com Noam Chomsky.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br