ADAPTAÇÃO OU ADULTERAÇÃO? NOTAS SOBRE O ROMANCE MAR MORTO

Rosane Marins de Menezes

Resumo


Guma, nascido dos efêmeros amores do marítimo Frederico e suajovem namorada, foi criado pelo tio paterno, também um pescador, juntoao cais do porto da cidade. Aos onze anos de idade, Guma já navegavapelas águas azuis da Bahia. Numa festa a Iemanjá, conhece Lívia, menina-moça de olhos claros, e se apaixonam fortemente. Mas, os tios maternosdela, que a criaram, opõem-se ao casamento; Guma rapta-a e a confiaa uma família amiga até a data do matrimônio, celebrado na ermida deMonte Serrate, na beira do mar. Passam a residir numa casinha próximaao cais e aos saveiros. Lívia, então, passa a viver em crescente temor devidoaos perigos do mar que a cada tempestade tragava suas vítimas - oshomens do mar. Com o nascimento do filho, Guma resolve mudar de atividadetão logo salde os compromissos financeiros, quando se afoga inesperadamentenum naufrágio perto da praia. Seu corpo jamais foi encontradonas águas do mar, esse mar que agora o retém, e com ele parasempre se confunde. Lívia, então, que sempre temera o mar, numa atitudede amor e de coragem se torna mestra do saveiro herdado, dando continuidadeao trabalho e também ao destino do seu amado.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br