A METÁFORA COMO LEITURA NA OBRA DE BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS

Maria Lilia Simões de Oliveira

Resumo


Este trabalho pretende destacar a obra de Bartolomeu CamposQueirós, escritor mineiro consagrado pela crítica por sua prosa poética,que tanto sucesso vem alcançando junto ao público jovem. Asfronteiras entre os adjetivos “infantil, juvenil e adulta” muito têm sidoalargadas no que tange à literatura. É inegável que alguns requisitosdevam ser observados quando se oferecem textos para leitores emformação, mas sabemos como são perigosos os rótulos... A “boa”, averdadeira literatura é a que ultrapassa as fronteiras; em outras palavras,um livro para leitores iniciantes deve ter qualidades literáriascapazes de seduzir o leitor mais proficiente também. Este é o caso daobra literária de Bartolomeu. As narrativas desse autor - memorialistaspor excelência - enredam-nos numa trama forjada nas malhas dosjogos lingüísticos que não subestimam a capacidade interpretativa deseu interlocutor.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons

SOLETRAS online - ISSN 2316 8838

Revista do Departamento de Letras

Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Rua Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato - São Gonçalo - RJ

Cep: 24435-005 - e-mail: soletrasonline@yahoo.com.br