EDUCAÇÃO NA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS: MÍDIAS E DESIGUALDADE

Kelly Maia Cordeiro, Renato Pontes Costa

Resumo


As medidas de distanciamento social impostas pela pandemia do novo coronavírus fizeram com que estudantes em todos os níveis de ensino ficassem sem aulas presenciais em todo o Brasil. Tais circunstâncias fortaleceram a discussão sobre mídias na educação e sobre a desigualdade existente no país. Com o objetivo de contribuir com o debate, este artigo apresenta e discute o uso de mídias educativas; resgata o momento histórico do país com o uso do rádio na educação; e reflete sobre o crescimento da desigualdade social. Conclui-se que as fragilidades na área educacional perpassam pela desigualdade estrutural do país, pela necessidade de democratização do acesso às mídias e sobre o letramento midiático na formação dos sujeitos.


Palavras-chave


Covid-19; Desigualdade; Educação; Mídias.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMWORCEL, A. As escolas radiofônicas do MEB. In: CONGRESSO DE HISTÓRIA DA MÍDIA. 6., 2008, Niterói. Anais eletrônicos [...]. Niterói, 2008. Disponível em: http://bit.ly/2hoL1lj. Acesso em: 31 maio 2020.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues (org.). A questão política da educação popular. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1985.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Seção 1, p. 27833.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto nº 9057, de 25 de maio de 2017. Regulamenta o art. 80 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, Brasília-DF, 30 maio 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa nº 2117, de 06 de dezembro de 2019. Dispõe sobre a oferta de carga horária na modalidade de Ensino a Distância em cursos de graduação presenciais ofertados por Instituições de Educação Superior pertencentes ao Sistema Federal de Ensino. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília-DF, 11 dez. 2019. Seção 1, p. 66.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 356, de 11de março de 2020. Dispõe sobre a regulamentação e operacionalização do disposto na Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, que estabelece as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (Covid - 19). Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília-DF, 12 mar. 2020a. Seção 1, p. 185.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa nº 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - Covid-19. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília-DF, 18 mar. 2020b. Seção 1, p. 39.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa nº 345, de 19 de março de 2020. Altera a Portaria MEC nº 343, de 17 de março de 2020. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília-DF, 19 mar. 2020c. Seção 1, p. 1.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa nº 356, de 20 de março de 2020. Dispõe sobre a atuação dos alunos dos cursos da área de saúde no combate à pandemia do Covid-19 (coronavírus). Brasília, DF, 2020d.

BRASIL. Presidência da República. Medida Provisória nº 934, de 1º de abril de 2020. Estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília-DF, 1º abr. 2020e. Seção 1, p. 1.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa nº 376, de 3 de abril de 2020. Dispõe sobre as aulas nos cursos de educação profissional técnica de nível médio, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília-DF, 6 abr. 2020f. Seção 1, p. 66.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação-CNE. Parecer nº 5, de 24 de abril de 2020. Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da Covid-19. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 1º jun. 2020g, Seção 1, p. 32.

CENTRO REGIONAL DE ESTUDOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO (CETIC.BR). Pesquisa sobre o uso das tecnologias da informação e comunicação nos domicílios brasileiros: TIC Domicílios 2019. Disponível em: https://www.cetic.br/pesquisa/domicilios/. Acesso em: 14 maio 2020.

COSTA, M. A. B.; JACCOUD, V.; COSTA, B. (org.). MEB: uma história de muitos. Cadernos de Educação Popular, n. 10. Petrópolis: Vozes, 1986.

COSTA, P. C. da. Educadores do rádio: concepção, realização e recepção de programas educacionais radiofônicos (1935-1950). Tese (Doutorado Educação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

FÁVERO, O. Lições da história: os avanços de sessenta anos e a relação com as políticas de negação de direitos que alimentam as condições do analfabetismo no Brasil. In: PAIVA, J.; OLIVEIRA, I. B. de. (org.). Educação de Jovens e Adultos. Rio de Janeiro: DP&A, 2004. p. 09-21.

HOLSHUE, M. L. et al. First case of 2019 novel coronavirus in the United States. N Engl J Med, v. 382, n. 10, p. 929-936, 2020.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Rendimento de todas as fontes 2019: Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PNAD). Rio de Janeiro, 2020.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA (IPEA). As tecnologias digitais e seus usos. Texto para discussão. Brasília: Rio de Janeiro, 2019.

LESCURE, F. X. et al. Clinical and virological data of the first cases of Covid-19 in Europe: a case series. Lancet Infect Dis, v. 20, n. 6, p. 697-706, 2020.

JIMENEZ, Marco Raúl Mejía. Uma nova humanização desde o Sul, para construir novas educações. In: COSTA, R. P.; VIANNA, V. M. Entrelaçando olhares por uma educação planetária. Rio de Janeiro: Caetés, 2014. (Seminários NEAd 3). p. 49-76.

LIVINGSTONE, Sonia. Internet literacy: a negociação dos jovens com as novas oportunidades on-line. Matrizes, ano 4, n. 2, p. 11-42, jan./jun. 2011.

PIMENTEL, M.; CARVALHO, F. da S. P. de. Princípios da educação on-line para sua aula não ficar massiva nem maçante. SBC Horizontes [on-line], 23 maio 2020. Disponível em: http://horizontes.sbc.org.br/index.php/2020/05/23/principios-educacao-online/. Acesso em: 2 jun. 2020.

PISCHETOLA, Magda. Inclusão digital e educação: a nova cultura da sala de aula. Petrópolis: Vozes, 2016.

SILVA, M. Educação a distância (EaD) e educação online (EOL) nas reuniões do GT 16 da ANPEd (2000-2010). Revista Teias, v. 13, n. 30, p. 95-118, 2012. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2020.

SILBER-VAROD, V.; ESHET-ALKALAI, Y.; GERI, N. Tracing research trends of 21st-century learning skills. British Journal of Educational Technology, v. 0, n. 0,

p. 1-20, 2019.

WANDERLEY, L. E. W. Educar para transformar: educação popular, Igreja Católica e política no Movimento de Educação de Base. Petrópolis: Vozes, 1984.

WEISER, O.; BLAU, I.; ESHET-ALKALAI, Y. How do medium naturalness, teaching-learning interactions and Students' personality traits affect participation in synchronous E-learning? The Internet and Higher Education, v. 37, p. 40-51, 2018.

WORLD HEALTH ORGANIZATINON (WHO). Coronavirus disease (Covid-19) pandemic. Geneva, 2019. Disponível em: https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019. Acesso em: 30 maio 2020.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2020.52259

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: