A atualidade do pensamento de Paulo Freire para refletirmos sobre políticas públicas e práticas na Educação de Jovens e Adultos

Ana Paula Abreu Moura, Jaqueline Pereira Ventura

Resumo



Este artigo traz a atualidade do pensamento de Paulo Freire, em especial de sua obra Pedagogia do Oprimido (FREIRE, 1968), para a construção de políticas públicas e práticas pedagógicas na Educação de Jovens e Adultos (EJA), entendendo-a como um direito. Para isso, discute conceitos centrais da obra do autor, como dialogicidade e autonomia, e reafirma o papel que as instituições educativas podem cumprir na defesa de projetos e concepções de homem e de sociedade que busquem a emancipação humana.


Palavras-chave


EJA; Pedagogia do Oprimido; Políticas e Práticas.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília: Presidência da República, 1988. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2018.

______. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília: Presidência da República, 1996. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2018.

______. Ministério da Educação. Parecer CEB/CNE nº 11, de 10 de maio de 2000. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos. Brasília: MEC, 2000. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2018.

CATTANI. A. D. (Org.). Trabalho e Tecnologia: dicionário crítico. Petrópolis: Vozes; Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1997. 292 p.

FONTES, V. Sociedade civil, classes sociais e conversão mercantil-filantrópica. Observatório Social de América Latina, Argentina, v. VII, n. 19, jan./abr. 2006. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2018.

FREIRE, P. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 9. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2001.

______. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1992. (Coleção Leitura)

______. Pedagogia da Esperança: um reencontro com a Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

______. Pedagogia da Indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

______. Pedagogia do Oprimido. 22. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

______. Pedagogia do Oprimido. Fac-símile (manuscrito). [S.l.: s.n.], 1968.

FREIRE, P.; BETTO, F. Essa escola chamada Vida. Depoimentos ao repórter Ricardo Kotscho. 9. ed. São Paulo: Ática, 1998. 96 p.

FRIGOTTO, G. Escola “sem” partido: esfinge que ameaça a educação e a sociedade brasileira. In: ______ (Org.). Rio de Janeiro: LPP/UERJ, 2017.

GRAMSCI, A. Caderno do Cárcere. v. 3. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000.

HOBSBAWM, E. Era dos extremos: breve século XX (1914-1991). São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

KUENZER, A. Exclusão includente e inclusão excludente: a nova forma de dualidade estrutural que objetiva as novas relações entre educação e trabalho. In: LOMBARDI, J.; SAVIANI, D.; SANFELICE, J. (Orgs.). Capitalismo, trabalho e educação. São Paulo: Autores Associados; HISTEDBR, 2005.

MOURA, A. P. de A. C. Virando massas, descobrindo palavras, misturando saberes. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2018.

PINHEIRO, R. As práticas do cotidiano na relação oferta e demanda dos serviços de saúde: um campo de estudo e construção da integralidade. In: PINHEIRO R.; MATTOS, R. A. (Orgs.). Os sentidos da integralidade na atenção e no cuidado à saúde. Rio de Janeiro: IMS-UERJ, 2001.

RUMMERT, S. M.; VENTURA, J. P. Políticas públicas para educação de jovens e adultos no Brasil: a permanente (re)construção da subalternidade – considerações sobre os Programas Brasil Alfabetizado e Fazendo Escola. Educar, Curitiba, n. 29, p. 29-45, 2007, UFPR 29. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2018.

SAVIANI, D. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2008. (Coleção memórias da educação)

VENTURA, J. P. A trajetória histórica de jovens e adultos trabalhadores. In: TIRIBA, L.; CIAVATTA, M. (Orgs.). Trabalho e Educação de Jovens e Adultos. Brasília: Liber Livro; Niterói: Editora UFF, 2011.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2018.38031

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: