SOBRE TEMPORALIDADE E PLANEJAMENTO DE RECURSOS DIDÁTICOS NO SUBPROJETO DE QUÍMICA - VOLTA REDONDA DO PIBID-UFF

Alceu Junior Paz da Silva, Denise de Castro Bertagnolli

Resumo


As distintas transformações que caracterizam a sociedade no capitalismo tardio têm sido refletidas em função da noção de tempo. Nesse contexto, a problematização da ideia de tempo nas práticas de planejamento de recursos didáticos em Química, no âmbito do Pibid, apareceram como objeto de investigação. Utilizando aproximações com a teoria Histórico- Cultural procuramos orientar a produção organização de materiais para o ensino de Química por meio da reflexão sobre suas implicações temporais. Como resultado criamos uma artefato mobilizador de ideias (esqueleto de peixe) para a construção de propostas pedagógicas temáticas em Química, voltadas ao Ensino Médio.

 


Palavras-chave


Noções de tempo; Teoria Histórico-Cultural; Recursos Didáticos; Educação em Química.

Texto completo:

PDF

Referências


ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

BARBER, B. R. Consumido... Rio de Janeiro: Record, 2009.

CARVALHO, A. M. P. de O ensino de Ciências e a proposição de sequências de ensino investigativas. In: CARVALHO, A. M. P. de (Org.) Ensino de Ciências por Investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage, 2013.

CARVALHO, E. R. de. Norbert Elias frente aos desafios de superação da aporia entre tempo físico e tempo social. In: Anais do VI Seminário Brasileiro de História da Historiografia p. 01–12, 2012. Disponível em: Acesso em: 15 abr. 2014.

CHAIKLIN, S. The Zone of Proximal Development in Vygotsky’s Analysis of Learning and Instruction In: KOZULIN, A. et al. (Orgs) Vygotsky’s Educational Theory in Cultural Context. New York: Cambridge, 2003.

COSTA, A. J. A.; PASCUAL, J. G. Análise sobre as emoções no livro Teoría de las emociones (Vigotski). Psicologia & Sociedade v. 24, n. 3, p. 628–637, 2012.

CRARY, J. 24/7 - Capitalismo tardio e os fins do sono. 1. ed. São Paulo: Cosac Naify, 2014.

DANIELS, H. Vygotsky e a Pesquisa. São Paulo: Loyola, 2011.

DELIZOICOV, D. e ANGOTTI, J. A. Metodologia do Ensino de Ciências. São Paulo: Cortez, 1990.

ELIAS, N. Sobre o tempo. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

GEHLEN, S. T.; MALDANER, O. A.; DELIZOICOV, D. Momentos pedagógicos e as etapas da situação de estudo: complementaridades e contribuições para a educação em ciências. Ciência & Educação v. 18, n. 1, p. 1–22 , 2012.

KARPOV, Y. V. Vygotsky’s Doctrine of Scientific Concepts: Its Role for Contemporary Education In: KOZULIN, A. et al. (Orgs) Vygotsky’s Educational Theory in Cultural Context. Reino Unido: Cambridge, 2003.

LEMKE, J. Multimodality, Identity, and Time. In: JEWITT, C. The Routledge Handbook of Multimodal Analysis. London: Routledge, 2009. p. 140-150.

LEMKE, J. Across the scales of time: artifacts, activities, and meanings in ecosocial systems. Mind, Culture, and Activity, 7(4), 2000. p. 273–290.

LIPOVETSKY, G. Os tempos Hipermodernos. São Paulo: Barcelona, 2004.

PRESTES, Z. R. 80 anos sem Lev Semionovitch Vigotski e a arqueologia de sua obra. Revista Eletrônica de Educação v. 8, n. 3, p. 5–14, 2014.

PRESTES, Z. R. Quando não é quase a mesma coisa: análise de traduções de Lev Semionovitch Vigotski no Brasil – Repercussões no campo educacional. Doutorado – UnB, Brasília, 2010.

PRESTES, Z. R. e TUNES, I. A trajetória de obras de Vigotski: um longo percurso até os originais. Estudos de Psicologia v. 29, n. 3, p. 327–340, 2012.

SINGER, H. The beat of the System. [S.l.]: BBC Television, 1994

TOASSA, G. Emoções e vivências em Vigotski: investigação para uma perspectiva histórico-cultural Instituto de Psicologia – USP - Tese de Doutorado – São Paulo, 2009. 348 p.

VIGOTSKI, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

VIGOTSKI, L. S. Imaginación y creación en la edad infantil. 2. ed. Lanús Oeste: Nuestra América, 2012.

VIGOTSKY, L. S. Teoría de las emociones: estudio histórico-psicológico Madrid: Akal, 2004.

YASNITSKY, A. The Complete Works of L.S. Vygotsky: PsyAnima Complete Vygotsky project. Dubna Psychological Journal n. 3, p. 144–148, 2012.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2016.23628

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: