A diversidade na opinião de uma comunidade escolar municipal

Marina Ramos Coiado, Verônica Lima dos Reis, Vera Lucia Messias Fialho Capellini

Resumo


Conceitos como tolerância, discriminação e identidades foram tomados como base para a definição de diversidade, que fundamenta pilares para a inclusão e convivência entre diferentes. Busca-se verificar a opinião dos sujeitos das escolas sobre culturas inclusivas. A pesquisa do tipo quantitativa descritiva, utilizou-se de dados acerca das afirmações condizentes com a definição de diversidade. Foram 12.338 questionários respondidos por: estudantes do ensino fundamental anos iniciais e anos finais, pais/responsáveis e equipe escolar de 16 escolas. As porcentagens das respostas fechadas quanto às afirmações foram separadas entre os segmentos respondentes para discussão sobre a tolerância nas relações avaliadas. Os resultados mostram que, mesmo com respostas positivas sobre a presença da diversidade em seus contextos, não se pode deduzir o exercício da tolerância no cotidiano escolar. As inconclusões dos resultados evidenciam a necessidade de especificar como tais segmentos compreendem o que estão afirmando no cotidiano em que a diversidade é vivenciada.


Palavras-chave


diversidade; educação; cultura; inclusão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2021.52809

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional