A atuação do movimento negro e as questões raciais no curso de Pedagogia da UFSC

Joana Célia dos Passos, Eduarda Souza Gaudio

Resumo


O artigo analisa o processo de inclusão da educação das relações étnico-raciais no currículo do curso de Pedagogia da UFSC, tendo como foco a atuação do Núcleo de Estudos Negros (NEN). Para isso, estudamos documentos curriculares produzidos no interior do curso de Pedagogia, entre eles o projeto pedagógico do curso, manifestos, atas de assembleias, publicações produzidas pelo Núcleo de Estudos Negros (NEN), além de documentos nacionais que orientam a educação das relações étnico-raciais e a formação docente. O diálogo se situa numa perspectiva de descolonização dos currículos e oferece elementos capazes de evidenciar que há uma perspectiva negra decolonial em curso na sociedade brasileira. Conclui-se que a articulação do NEN e o curso de Pedagogia da UFSC foi primordial para impulsionar a inclusão do debate étnico-racial no currículo do curso de Pedagogia da UFSC.


Palavras-chave


Educação das Relações Étnico-raciais; Núcleo de Estudos Negros; Curso de Pedagogia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2020.49736

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional