AS MARCAS DA AVALIAÇÃO NO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO DE UM ALUNO COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

Amélia Maria Mesquita, RENATA ANDRADE SOBRAL

Resumo


Resumo: O objetivo deste artigo é problematizar os processos avaliativos vividos por um aluno com deficiência intelectual durante seu processo de escolarização. Assim se propõe a responder a questão: Como se constituiu o processo avaliativo de um aluno com DI em diferentes paradigmas educativos durante sua trajetória de escolarização na educação básica? Desenvolvemos a pesquisa numa abordagem qualitativa, tendo como coleta de dados a entrevista semiestruturada aplicada ao aluno, bem como seus pareceres escolares. Como resultado identificamos que os processos avaliativos vivenciados nos diferentes modelos de escola, ainda que marcados por estratégias distintas, é um fator endógeno à escola que colabora para construção de uma relação marcada pela estigmatização do aluno com deficiência.

           

 


Palavras-chave


Avaliação. Deficiência Intelectual. Escolarização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2018.36290

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - B1 - Educação
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional