A CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA CIDADANIA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: ASPECTOS TEÓRICOS E PRÁTICOS

Ana Helena Lima de Souza, Maria Sacramento Aquino, Antonio Amorim

Resumo


Este artigo apresenta a abordagem em torno da importância de que seja identificada uma concepção de cidadania, mais específica, para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), reconhecendo o modo de vida dos estudantes, as experiências sociais, assim como, refletir a questão do desrespeito histórico aos direitos civis dos jovens e adultos. A formação para a cidadania é analisada através de documentos oficiais e posicionamentos de teóricos, a exemplo da defesa de Arroyo, de Freire e outros. Nas conclusões destacamos que a formação para cidadania tenha inspirações na interrogação da realidade social dos educandos, do processo reflexivo acerca da superação da consciência ingênua existente.

DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2016.24945


Palavras-chave


Educação de Jovens e Adultos; Cidadania; Consciência ingênua e crítica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2016.24945

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional