ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA NO CAMPO DA COMUNICAÇÃO SUPLEMETAR E/OU ALTERNATIVA

Mariana Gurian Manzini, Maria Almelia Almeida, Claudia Maria Simões Martinez

Resumo


O estudo tem como objetivo analisar o campo de conhecimento da Comunicação Alternativa no país a partir da produção científica nacional. A pesquisa foi realizada no Banco de Tese da Capes e na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. Entre os principais resultados, destacam-se: o corpus final foi constituído por 42 dissertações e 8 teses; as distribuições temporais ocorreram entre 1996 e 2014; predomínio da fonoaudiologia na formação acadêmica dos orientadores e orientandos e pesquisas realizadas com frequência nas escolas especiais com crianças com paralisia cerebral. Esta pesquisa trouxe uma contribuição importante, ao privilegiar a produção acadêmica dos programas de pós-graduação brasileiros.

Palavras-chave


Comunicação Alternativa; Produção Científica; Educação Especial.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2016.24586

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional