A AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS ALUNOS NO PROGRAMA NOVA ESCOLA/RJ – COMPETÊNCIAS, HABILIDADES E EXCLUSÃO SOCIAL

Zacarias Jaegger Gama

Resumo


Situado no âmbito da educação pública do Rio de Janeiro, este texto discute a avaliação do desempenho dos alunos no Programa Nova Escola, instituído pelo Decreto Estadual 25.959/2000. Seu objetivo é compreender e trazer à luz as inflexões que esta avaliação impõe, sendo orientado pelas seguintes questões: Como esta avaliação se estrutura? Qual sua natureza? Quais seus impactos em termos de inclusão e exclusão social? Metodologicamente compreende análises de discursos e textos com circulação nas escolas, imprensa e mídia eletrônica. A argumentação admite que esta avaliação implica profundas mudanças na natureza do ensino, no papel dos professores, nos objetivos das práticas de ensino e da avaliação da aprendizagem. Conclui explicitando sua natureza condutivista e inserção em uma linha de ressignificação de intentos educacionais característicos da avaliação tecnicista, mas que, ao contrário das expectativas explícitas, cria espaços de exclusão social, ao avaliar, distinguir e diferenciar os alunos.

Palavras-chave


avaliação; competências e habilidades; Programa Nova Escola; políticas públicas

Texto completo:

Texto completo [PDF]

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional