NOVAS TENDÊNCIAS NAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS

Maria das Graças Braga Botelho

Resumo


Com as transformações na sociedade capitalista ocorridas nas últimas décadas, novas diretrizes e demandas se colocam para a produção do conhecimento, transformando os valores e as referências utilizadas na avaliação da qualidade das instituições de ensino superior. O elevado gasto público nas universidades justifica a proposta de incentivo às parcerias com o setor privado e a tendência é a utilização do critério de produtividade na avaliação institucional, descaracterizando as funções sociais históricas da universidade.
Apresentamos neste artigo, as discussões sobre os rumos que estão sendo seguidos pelas universidades no Brasil, entendendo que a universidade deve seguir as transformações culturais da sociedade, porém, sem alterar sua função essencial de promover o progresso das ciências voltado para o benefício da coletividade.

Palavras-chave


universidade; política educacional; ensino superior

Texto completo:

Texto completo [PDF]

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - A2 (2017/2018) 
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional