CONCEPÇÕES DE INFORMÁTICA EDUCATIVA NA PERSPECTIVA DE EDUCADORES DA RME ANANINDEUA/PA

Cinthya Maduro de Lima, Dinair Leal da Hora

Resumo


Este artigo é parte de uma dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica (PPEB/NEB), da Universidade Federal do Pará para a obtenção do título de Mestre. A pesquisa propôs analisar o trabalho pedagógico de professores de Informática Educativa (IE) no processo de aprendizagem mediado pelas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) na Rede Municipal de Educação (RME) de Ananindeua-PA. O estudo foi dividido em quatro categorias: 1-‘Concepções de Informática Educativa’, 2-‘Formação de Professores para o trabalho pedagógico com a IE no processo de aprendizagem’, 3-‘O papel do professor de IE no contexto da sociedade atual’ e 4-‘O Trabalho Pedagógico do Professor de IE com a utilização das TIC na aprendizagem’. Este texto, no entanto, apresenta o resultado da pesquisa no que diz respeito ao estudo da primeira categoria, em que se buscou compreender o que educadores da RME Ananindeua entendem sobre a IE na aprendizagem de alunos da educação básica. Os resultados apontam que a IE apresenta múltiplas concepções, dentre as quais a de que é plural e interdisciplinar, confirmada pela análise dos dados da entrevista ao mostrar que os educadores também relacionam a IE a vários princípios e teorias pedagógicas, indicando que são as escolhas metodológicas dos educadores que a fazem atender a um ou a outro paradigma educacional e social. Contudo, acredita-se que a IE melhor contribui com a aprendizagem dos alunos quando é utilizada na perspectiva da concepção construcionista.


Palavras-chave


Informática Educativa (IE). Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Processo Ensino e Aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. PROINFO: A Informática e Formação de Professores. Brasília: Ministério da Educação, 2000.

ALTOÉ, Anair; FUGIMOTO, Sonia Maria Andreto. Computador na Educação e os desafios educacionais. In: IX CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. 2009, Curitiba. Anais... Curitiba: PUC PR, 2009. p. 163-175. Disponível em: http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/1919_1044.pdf. Acesso: em 28 mai. 2017.

ANANINDEUA. Secretaria Municipal de Educação. Projeto de informática educativa. Inclusão digital e social do cidadão anani: da Primeira Infância aos Jovens e Adultos. Ananindeua, 2005.

ANANINDEUA. Secretaria Municipal de Educação. Programa de informática educativa – Tecnologias digitais na Educação: mediando práticas pedagógicas nas escolas da Rede Municipal de Ensino. Ananindeua, 2018

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Paris: Presses Universitares de France, 1977.

BOGDAN, Robert C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigação Qualitativa em Educação: Uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Portaria n. 522, de 09 de abril de 1997. Criação do Programa Nacional de Informática na Educação. Portal FNDE: Fundo Nacional de Desenvolvimento na Educação. Disponível em: https://www.fnde.gov.br/fndelegis/action/UrlPublicasAction.php?acao=abrirAtoPublico&sgl_tipo=POR&num_ato=00000522&seq_ato=000&vlr_ano=1997&sgl_orgao=MED. Acesso em: 27 abr. 2017.

BUZATO, Marcelo El Khouri. Letramento e inclusão: do estado-nação à era das TIC. DELTA, v. 25, n.1, 25. 2009. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/delta/article/view/28204/19809. Acesso em: 7 jul. 2017.

CANDAU, Vera Maria Ferrão. Tecnologia Educacional: Concepções e Desafios. Cadernos de Pesquisa Fundação Carlos Chagas, n. 29, 1979. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/1696/. Acesso: em 23 dez. 2017.

CARVALHO, Daniella Duda Nunes de. Universidade de Brasília: O uso das mídias pelos professores em um centro de ensino fundamental do Distrito Federal. 2013. 35f. Monografia (Especialização em Coordenação Pedagógica) – Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares. Brasília, 2013. Disponível em: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/8902/1/2013_DanielleDudaNunesdeCarvalho.pdf. Acesso em: 23 abr. 2017.

DELBONE, Cristiane Mendes Oliveira. ANDRADE, Gislaine Sartório. RAMOS. Luz Cáthia. Papel do coordenador pedagógico frente ao uso dos recursos tecnológicos no desenvolvimento da aprendizagem. In Revista Diálogos Educ. R. Campo Grande, MS, v.3, n.2, p. 69-88, nov. 2012. Disponível em: < https://www.passeidireto.com/arquivo/56692174/coood> Acesso> 22 abr. 2017.

GILBERTO, J.K. Educatión Tecnológica: Una nueva asignatura en todo el mundo. Revistes Catalanes amb Accés Obert (Raco), v. 13, n 1, Gran Bretaña, 1995. Disponível em: http://www.raco.cat/index.php/Ensenanza/article/view/21389/93348. Acesso em: 19 nov. 2017

GOMES, Lauren Beltrão; BUENO, Rovana Kinas; CREPALDI, Maria Aparecida; BOLZE, Simone Dill Azevedo. A origem do pensamento sistêmico: Das partes para o todo. Periódicos Eletrônicos em Psicologia, Porto Alegre, v. 18, n. 2, dez. 2014. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/penf/v18n2/v18n2a02.pdf. Acesso em: 25 abr. 2017.

LIBÂNEO, José Carlos. OLIVEIRA, João Ferreira; TOSCHI, Mirza Seabra. Educação Escolar: políticas, estrutura e organização. 10. ed. rev. e ampl. São Paulo: Cortez, 2012.

LUSTOSA, Irene Nunes. Abordagem sistêmica na Educação brasileira: os desdobramentos da teoria na prática. In: SIMPÓSIO ANPAE, 26., Recife, 2013. Anais. Disponível em: http://www.anpae.org.br/simposio26/1comunicacoes/IreneNunesLustosa-ComunicacaoOral-int.pdf. Acesso em: 22 dez. 2017

MIZUKAMI, Maria da Graça, Nicoleti. Ensino: As Abordagens do processo. [s.l.]: EPU, 1986.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à Educação do futuro. 2. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

PAPERT, Seymour. A máquina das crianças: repensando a escola na era da informática. Porto Alegre: Armed, 2008.

PAPERT, Seymour. Logo: Computador e Educação. São Paulo: Brasiliense, 1985.

QUEIROZ, Jorge Patrício; CALMON, Noélia da Silva Sousa; COSTA, Anderson Silva da. Papel do gestor educacional no uso das tecnologias da informação e comunicação: possibilidades e limites. In: 10º ENCONTRO INTERNACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES E 11 ENCONTRO PERMANENTE INTERNACIONAL DE INOVAÇÃO EDUCACIONAL, v. 9. n. 1, 2016. Anais eletrônicos. Disponível em: https://eventos.set.edu.br/index.php/enfope/article/view/2072. Acesso em: 4 jan. 2018.

RAMPELOTTO, Elizane Maria; MELARA, Adriane; LINASSI, Priscila Silva. Gestão escolar: o uso das tecnologias de informação e comunicação e suas possibilidades. In: XII CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Anais eletrônicos. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/19668_10826.pdf. Acesso em: 22 dez. 2017.

RODRIGUES JÚNIOR, Emílio. O desafio da Educação frente as novas tecnologias. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO SUPERIOR, 2014. Anais Eletrônicos. Disponível em: https://uniso.br/publicacoes/anais_eletronicos/2014/6_es_avaliacao/03.pdf. Acesso em: 16 jun. 2017.

SÁ-SILVA, Jackson Ronie; ALMEIDA, Cristóvão Domingos de; GUINDANI, Koel Felipe. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de Histórias & Ciências Sociais, ano 1, n. 1, jul. 2009. Disponível em: https://www.rbhcs.com/rbhcs/article/view/6/pdf. Acesso em: 29 set. 2020.

SIEMENS, Jorge. Conectivismo: Uma Teoria da Aprendizagem para a era digital. 2004. Disponível em: http://usuarios.upf.br/~teixeira/livros/conectivismo%5Bsiemens%5D.pdf. Acesso em: 19 abr. 2018.

SILVA, Ângela Carvalho. Educação e Tecnologia: Entre o Discurso e a Prática. Ensaio: avaliação. Política pública. Educação, Rio de Janeiro, v. 19, n. 72, p. 527-554, jul./set. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362011000400005〈=pt. Acesso em: 24 mar. 2017.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 17. ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em Educação. São Paulo, Atlas, 1987.

VALENTE, Jose Armando. O computador na sociedade do conhecimento. Campinas: UNICAMP/NIED, 1999. Disponível em: http://files.educacçao-inclusiva21.webnode.com/200000009-d433fd62a3/cap1%20LIVRO%20INFORMATIC%20n%20EDUCA%C3%87%C3%83O%20ARMANDO%20VALENTE.pdf. Acesso em: 22 jun. 2017.

VERASZTO, Estéfano Visconde; SILVA, Dircel da; MIRANDA, Nonato Assis de; SIMOM, Fernanda Oliveira. Tecnologia: Buscando uma definição para o conceito. Prisma.com: Revista de Ciências e Tecnologia da Informação e Comunicação. n. 8, 2009. Disponível em: http://revistas.ua.pt/index.php/prismacom/article/view/690/pdf. Acesso em: 20 out. 2017.

VICENTE, Marta Poliche. ALMEIDA, Júlio Gomes. Formação inicial e novas tecnologias: uma aproximação necessária na formação de professores. Revista Educação & Tecnologia. n. 17, p. 1-17, 2017. Disponível em: http://revistas.utfpr.edu.br/pb/index.php/revedutec-ct/article/view/2227/1671. Acesso em: 26 jul. 2018.

ZIEDE, Mariangela Kraemer Lenz. SILVA, Ezequiel Theodoro da. PEGORARO, Ludinar. CANALLE, Edilson Marino. SILVA, Andreza de Oliveira Meireles da. CARVALHO, Aline Fernanda Wodonos de. Tecnologias digitais na Educação básica: desafios e possibilidades. Revista Renole: Novas Tecnologias na Educação, v. 14, n. 2. 2016. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/renote/article/view/70692/40129. Acesso em: 26 jul. 2018.




DOI: https://doi.org/10.12957/redoc.2021.54127

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexação:

           


 

Google Acadêmico::

 

(Citações /Métricas)

 

Visualizações:

 


Licença:

  Esta obra está licenciada com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.