ENSINO DE LÍNGUAS EM TEMPOS DE PANDEMIA: EXPERIÊNCIAS COM TECNOLOGIAS EM AMBIENTES VIRTUAIS

Elisa Prado Có, Gabriel Brito Amorim, Kyria Rebeca Finardi

Resumo


O artigo reflete sobre o ensino de línguas em contextos virtuais a partir de experiências vividas por professores de línguas durante a pandemia.  Um questionário online com 14 perguntas, compartilhado nas redes sociais foi respondido por 64 professores de línguas, 4 dos quais participaram de uma entrevista no formato de roda de conversa após terem respondido o questionário. O método de análise é misto com dados quantitativos e qualitativos. A análise quantitativa mostrou que a grande maioria dos respondentes usou tecnologias digitais para dar aula no formato remoto tanto de forma síncrona quanto assíncrona. Os dados sugerem que nem todos os professores se sentem preparados para trabalhar nessa modalidade, revelando falta de apoio, capacitação ou formação por parte de instituições no sentido de viabilizar o ensino no formato remoto. A análise qualitativa sugeriu que os professores têm uma postura negativa em relação ao ensino remoto emergencial em virtude da falta de preparo para essa modalidade. De maneira geral os resultados do estudo sugerem que a emergência da situação causou um impacto negativo nos professores em relação ao uso de tecnologias digitais no ensino remoto emergencial devido ao despreparo e falta de apoio institucional. Entretanto, os dados sugerem que após a pandemia e com o devido preparo e apoio, algumas dessas tecnologias digitais serão incorporadas nas práticas pedagógicas em abordagens híbridas, que representam uma tendência e possibilidade real para o ensino de línguas no contexto pós-pandemia.

Palavras-chave


Ensino de línguas. Pandemia. Tecnologia. Ensino Virtual

Texto completo:

PDF

Referências


CASOTTI, Janayna; FINARDI, Kyria Rebeca. Abordagens Inclusivas No Ensino De Línguas: Desafios Para A Formação Docente. (Con)Textos Linguísticos, v. 10, p. 63-76, 2016.

CASTELLS, Manuel. O digital é o novo normal. Disponível em: https://www.fronteiras.com/artigos/o-digital-e-o-novo-normal?fbclid=IwAR1iTxx5DuuO-wpo4CFM3a6IeCsfgk5GLOZ6CpGxbL6gjZSaicpLLvI0Hng, acesso em 01/06/2020 , Acesso em 26 de Julho de 2020.

CASTRO, Ana Laura Silva. Affordances da Abordagem Híbrida no Ensino? Aprendizagem de Inglês e na Formação de Professores. 2019. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Estudos Linguísticos) - Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFES, Vitória, ES, 2019.

CASTRO, Ana Laura S.; MARIANO, Lorena S.; FINARDI, Kyria Rebeca. As novas tecnologias no ensino-aprendizado de L2: refletindo a partir de olhares de professores. LínguaTec, v. 3, p. 71-87, 2018.

CRESWELL, John W. O projeto de pesquisa: métodos quantitativo, qualitativo e misto. Trad. Luciana de Oliveira da Rocha. – 2. Ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

FADINI, Karina Antonia. Formação Inicial de Professores de Inglês do e para o Século XXI: os papéis da língua inglesa e da tecnologia digital. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Linguística), Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, ES, 2016.

FINARDI, Kyria Rebeca. Abordagens Híbridas e Inclusivas e Formação de Professores de Línguas do e para o Século XXI. Atos de Pesquisa em Educação (FURB), v. 12, p. 78-90, 2017.

FINARDI, Kyria Rebeca; LEÃO, Roberta Gomes; AMORIM, Gabriel Brito. Mobile Assisted Language Learning: Affordances and Limitations of Duolingo. Education and Linguistics Research, v. 2, p. 48-65, 2016.

FINARDI, Kyria Rebeca; PREBIANCA, Gicele Vergine Vieira; SCHMITT, Jeovani. English distance learning: possibilities and limitations of MEO for the Flipped Classroom. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 16, p. 181-208, 2016.

FINARDI, Kyria Rebeca; SILVEIRA, Nádia; LIMA, Sebastião; MENDES, Ana Rachel Mendes. MOOC in the Inverted CLIL Approach: Hybridizing English Teaching/Learning. Studies in Language Teaching, v. 4, p. 473-493, 2016.

FINARDI, Kyria Rebeca; MENDES, Ana Rachel Mendes. Formação de Professores para o Uso de Metodologias Ativas e Híbridas Através do Mall. Hipertextos Revista Digital, v. 16, p. 52-74, 2017.

HENRIQUE, Trazíbulo. COVID-19 e a internet (ou estou em isolamento social físico). Interfaces Científicas – Humanas e Sociais, Aracaju, v. 8, n.3, p. 173-176, 2020. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

LIMA, Sebastião. Abordagens Híbrida e CLIL Invertida: Tensões e Diálogos entre Ensino e Educação Linguística. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Linguística) Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, ES, 2017.

MACEDO, Ana Rachel Macêdo. Abordagem Híbrida na Formação Inicial de Professores de Inglês: Integrando as Novas Tecnologias. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Linguística), Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, ES, 2017.

MENDES, Ana Rachel Mendes; FINARDI, Kyria Rebeca. Linguistic Education Under Revision: Globalization and EFL Teacher Education in Brazil. Education and Linguistics Research, v. 4, p. 45, 2018.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Trad. Catarina Eleonora F. da Silva & Jeanne Sawaya; revisão Edgard de Assis Carvalho – 2. ed. São Paulo: Cortez; Brasília: DF, UNESCO, 2000.

PREBIANCA, Gicele; VIEIRA, Marli F. V.; FINARDI, Kyria Rebeca. Instrução gramatical na era da tecnologia: investigando diferentes abordagens para o ensino-aprendizagem de Inglês no Ensino Médio Integrado. Signum: Estudos da Linguagem, v. 17, p. 181-214, 2014.

PREBIANCA, Gicele V. V.; Cardoso, Gisele; FINARDI, Kyria Rebeca. Hibridizando a Educação e o Ensino de Inglês: Questões de Inclusão e Qualidade. Revista do GEL, v. 11, p. 47-70, 2014.

VIEIRA, Gicele V.; FINARDI, Kyria Rebeca. The case of EFL: does technology lead to learning? Raído (Online), v. 12, p. 197-210, 2018.

PREBIANCA, Gicele; FINARDI, Kyria Rebeca; CARDOSO, Gisele. Ensino-aprendizagem em contextos híbridos: o que pensam os alunos sobre o uso da tecnologia em aulas de inglês no ensino médio integrado. Caminhos em Linguística Aplicada, v. 12, p. 95-119, 2015.

ROSS, Andrew F., & DiSALVO, Mary L. Negotiating displacement, regaining community: The Harvard Language Center's response to the COVID‐19 crisis. Foreign Language Annals, 2020.




DOI: https://doi.org/10.12957/redoc.2020.53173

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexação:

           


 

Google Acadêmico::

 

(Citações /Métricas)

 

Visualizações:

 


Licença:

  Esta obra está licenciada com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.