DESIGNER EDUCACIONAL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS EM UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES

Autores

  • Larissa Salarolli Ruis Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro https://orcid.org/0000-0001-8201-3873
  • Solimara Ravani de Sant' Anna Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo
  • Esther Ortlieb Faria de Almeida Instituto Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2020.51634

Palavras-chave:

Designer Educacional. Formação Continuada. Docência. Tecnologias.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar os desafios que envolvem o trabalho do Designer Educacional (DE), na educação presencial, como multiplicador de conhecimentos sobre tecnologias digitais em uma proposta de formação continuada de professores. Para tanto, são analisados os dados obtidos por meio da literatura e de um curso de extensão híbrido proposto por um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia em parceria com uma escola de ensino regular, visando fomentar a colaboração entre DE e docentes que lecionam nos anos finais do Ensino Fundamental. Desta forma, a formação proposta teve como foco o ensino híbrido aliado as tecnologias digitais: Edpuzzle e Google Classroom. A pesquisa trata-se de um relato de experiência de abordagem qualitativa, possuindo análises de cunho descritivo a partir de observação-participante. Os resultados indicaram a indispensabilidade de conhecimentos pedagógicos associados às habilidades instrumentais do DE, bem como desafios formativos e burocráticos relacionados ao trabalho docente que impactam diretamente na atuação do DE.

Biografia do Autor

Larissa Salarolli Ruis, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Mestre em Cognição e Linguagem com atuação na linha de Pesquisas Interdisciplinares em Educação, Comunicação e Novas Tecnologias da Informação pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF). Especialista em Tecnologias Educacionais pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES). Licenciada em Geografia pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF) e Técnica em Informática (New Informática). Atuou na coordenação de núcleos de Tecnologia Educacional em escolas privadas da Rede Salesiana Brasil de Escolas e como professora do curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Docência e Gestão do Ensino à Distância da Faculdade Metropolitana São Carlos e professora substituta de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação do curso de Licenciatura em Química da UENF. Além disso, foi professora conteudista responsável pelo desenvolvimento de materiais didáticos sobre TICs na Educação em projetos EaD conduzidos pela Delinea para Instituições de Ensino Superior. Atualmente é supervisora do Projeto Maker do Colégio Eucarístico; Professora convidada do curso de Pós-Graduação em Ensino de Geografia do IFF e bolsista de informática educativa na modalidade extensão superior do Núcleo de Acessibilidade Pedagógica da UENF. Possui experiência em Tecnologias na Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação docente, tecnologias digitais de informação e comunicação e filosofia da tecnologia com ênfase na Teoria Crítica da Tecnologia.

Solimara Ravani de Sant' Anna, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Mestre em Educação em Ciências e Matemática (Educimat) pelo Ifes. Especialização (lato sensu) em Internet e Multimídia pela UFES e graduação em Tecnologia em Processamento de Dados pela Fundação de Assistência e Educação (FAESA). Professora do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), desde 2002. Atuou como professora da disciplina de Programação I, do primeiro curso oferecido a distância pelo Ifes - Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (TADS), e atua na educação a distância (EaD) do Ifes assumindo diversos papéis (professora, tutora, coordenadora UAB). Atuou como Coordenadora da Formação continuada dos profissionais que atuam na UAB do Ifes no período de 2010 a 2014. Atualmente atua como professora nos cursos de pós-graduação em Informática e Educação - PIE e Tecnologias Educacionais - TECEDU. Publicou em parceria o livro Lógica de Programação e Automação.

Esther Ortlieb Faria de Almeida, Instituto Federal do Espírito Santo

Mestre em Estudos Literários e graduada em Letras-Português, ambos pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), com Pós-graduação em Língua Portuguesa, pela PUC/MG. Professora efetiva do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES).

Referências

ALMEIDA, Joelma Fabiane Ferreira. Informática Educativa em Ato: formação de docentes na educação básica em tempos de educação online. In: IX SIMPÓSIO NACIONAL ABCIBER, 2016, São Paulo, Anais, PUC São Paulo, 2016, pp. 1-17. Disponível em: <http://abciber.org.br/anaiseletronicos/wpcontent/uploads/2016/trabalhos/informatica_educativa_em_ato_formacao_de_docentes_da_educacao_basica_em_tempos_de_educacao_online_joelma_fabiane_ferreira_almeida.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2019.

BAIRRAL, Marcelo Almeida. Discurso, interação e aprendizagem matemática em ambientes virtuais a distância. Rio de Janeiro: Edur, 2007.

BARDY, Livia Raposo; SANTOS, Danielle Aparecida do Nascimento dos. Designer Educacional: a importância desse profissional. Colloquium Humanarum, v. 13, n. especial, p. 244-248, dez. 2016.

BRASIL; Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Curricular Comum: educação é a base.

Brasília, DF, 2018.

CAIXETA, Humberto Campos; FANTACINI, Renata Andrea Fernandes. O papel do professor de informática educacional. Linguagem Acadêmica, v. 2, n. 2, p. 195-208, jul./dez. 2012.

CBO. Classificação Brasileira de Ocupações: CBO. 3ª ed. Brasília: MTE, SPPE, 2010.

CHRISTENSEN, Clayton; HORN, Michael; STAKER, Healther. Ensino Híbrido: uma Inovação Disruptiva? Uma introdução à teoria dos híbridos. 2013. Disponível em: < https://porvir.org/wp-content/uploads/2014/08/PT_Is-K-12-blended-learning-disruptive-Final.pdf>. Acesso em: 09 jun. 2019.

COSTA, Rosana Magnani da. O professor orientador de informática educativa: o curador de TDIC na Rede Pública Municipal de Educação de São Paulo. 144f. Dissertação (Mestrado em Educação), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.

KENSKI, Vani. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. 5.ed.Campinas: Papirus, SP, 2009.

LEITE, Werlayne Stuart Soares; RIBEIRO, Carlos Augusto do Nascimento. A inclusão das TICs na educação brasileira: problemas e desafios. Revista Internacional de Investigación em Educación, v. 5, n. 10, p. 173-187, 2011.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MOURA, Adelina. Aprendizagem móvel e ferramentas digitais para inovar em sala de aula. In: SOUZA, Karine Pinheiro; RIBEIRO, Renata Aquino; SANTIAGO, Catarina Tavares; AMORIM, Rosendo Freitas (Org.). Jornadas Virtuais: vivências práticas das tecnologias educativas. Secretaria de Educação do Estado do Ceará – SEDUC; Fortaleza: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT, 2016.

NÓVOA, Antonio. Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002.

SCHIEHL, Edson Pedro; GASPARINI, Isabela. Contribuições do Google Sala de Aula para o Ensino Híbrido. Renote, v. 14, n. 2, p. 1–10, dez. 2016.

SILVA, Andreza Regina Lopes da. Design educacional para a gestão de mídias do conhecimento. 353f. Tese (Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2017.

SILVA, Andreza Regina Lopes da; SPANHOL, Fernando José. Design Instrucional e Construção do Conhecimento na EaD. Jundiaí: Paco Editorial, 2014

SONDERMANN, Danielli Veiga Carneiro. O Designer Educacional para a Modalidade a Distância em uma Perspectiva Inclusiva: contribuições para/na formação docente. 310f. Tese (Doutorado em Educação), Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2014.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

Downloads

Publicado

2020-12-24

Como Citar

SALAROLLI RUIS, Larissa; RAVANI DE SANT’ ANNA, Solimara; ORTLIEB FARIA DE ALMEIDA, Esther. DESIGNER EDUCACIONAL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS EM UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 434–452, 2020. DOI: 10.12957/redoc.2020.51634. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/51634. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Relato de Experiência