Formação ou Capacitação em TIC? Reflexões sobre as Diretrizes da UNESCO

Nelson De Luca Pretto, Maria Sigmar Coutinho Passos

Resumo


Este artigo tem o objetivo de refletir sobre as concepções de formação de professores na área de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) e Educação tomando como principal fonte para análise o documento da UNESCO intitulado “Padrões de Competência em TIC para Professores”. Lançado em 2008, tal publicação pode trazer elementos para compreensão acerca das políticas de formação de professores em diversos países, inclusive no Brasil. Neste sentido, buscamos estabelecer os possíveis nexos entre essas diretrizes e os direcionamentos adotados para a formação de professores nas políticas de inserção das TIC nas escolas tomando como objeto os documentos referentes ao Programa Nacional de Formação Continuada em Tecnologia Educacional - Proinfo Integrado. A metodologia consiste na análise de conteúdo dos documentos oficiais dos programas publicados pelas referidas instituições (UNESCO e MEC). Concluímos afirmando a defesa de uma perspectiva de formação que não se resuma à capacitação tecnológica, mas proporcione aos professores uma inserção ativa na cultura digital.


Palavras-chave


Formação de professores; Diretrizes da UNESCO; Proinfo Integrado; TIC e educação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/redoc.2017.30490

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexação:

           


 

Google Acadêmico::

 

(Citações /Métricas)

 

Visualizações:

 


Licença:

  Esta obra está licenciada com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.