Tessituras das políticas educativas para integração das TIC na escola: um estudo comparado entre Brasil e Espanha

José Gomes da Silva, Cristiane Magalhães Porto, Ronaldo Nunes Linhares

Resumo


O objetivo desse artigo é apresentar os resultado de um estudo comparado entre as políticas educativas para integração das TIC na escola, no Brasil e na Espanha, analisando possíveis convergências e divergências, com foco nas influências da globalização no contexto internacional e nacional dessas políticas. A abordagem da investigação é predominantemente qualitativa e quanto ao procedimento é de natureza documental, por meio do método do estudo comparado. Como técnica de coleta de dados utilizamos a análise documental. Nesse sentido, recorremos a fontes tais como: leis, resoluções, decretos, normas, pareceres, informes oficiais e relatórios técnicos. Tratando sobre as políticas transnacionais para integração das TIC, identificamos a influência da globalização na formulação dessas políticas no Brasil e na Espanha, apresentando alguns pontos de convergência, evidenciando que a globalização tem gerado processos de reformas nos sistemas educativos no Brasil e principalmente na Espanha. Esses processos têm apontado para a criação de modelos educativos largamente estandardizados através de políticas educativas de natureza transnacional.

Palavras-chave


Políticas transnacionais, globalização, educação, TIC, estudo comparado

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/redoc.2017.30460

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexação:

           


 

Google Acadêmico::

 

(Citações /Métricas)

 

Visualizações:

 


Licença:

  Esta obra está licenciada com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.