LEI 10.639/03 E A LITERATURA ANGOLANA: PEPETELA E ONDJAKI / Law 10.639/03 and angolan literature: Pepetela and Ondjaki

Aparecida Cristina da Silva Ribeiro

Resumo


O presente artigo aborda a entrada de obras das literaturas africanas nos currículos a partir da publicação da Lei 10.639/03, bem como a presença, hoje constante, dessas literaturas nas escolas e universidades brasileiras. Ao analisar as representações de poder nos romances Predadores (2008), de Pepetela, e Os Transparentes (2013), de Ondjaki, observa-se que tais romances questionam os rumos da nação angolana pós-independência, sobretudo com a violência do capitalismo predatório e a corrupção em espaços de poder. Nos romances, as relações de poder são representadas pelos poderes político e econômico. Objetiva-se, neste trabalho, refletir sobre as relações de poder como força motriz nas narrativas, que tende a apontar a perda de valores morais e éticos do homem, principalmente quando práticas de corrupção e jogos de interesses verificam-se em parcerias políticas e empresariais. A literatura dos ficcionistas aponta uma série de consequências do acúmulo de capital, concentrado nas mãos da elite, como a má distribuição de rendas e a desigualdade social em Angola. O estudo aponta que estudar a ficção angolana contemporânea é sempre um desafio por haver fecundas ligações entre literatura, história e política que se entrelaçam na tessitura dos textos literários e (re) elaboram nas narrativas a história do país. Além disso, a pesquisa permite uma reflexão crítica sobre a abrangência estética e ética do romance como forma de compreender o passado e o presente de países como Angola e Brasil.


Palavras-chave


Lei 10.639/03. Romance angolano. Predadores. Os Transparentes. Relações de poder.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2022.65440

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005