ENSINO DE LITERATURA BRASILEIRA PARA ESTRANGEIROS: POSSIBILIDADES E DIFICULDADES / Teaching of Brazilian literature to foreigners: possibilities and difficulties

Lais Maria Alvares Rosal Botler, Joyce Fernandes

Resumo


Ensinar literatura brasileira para estrangeiros representa um desafio para professores e alunos. Ao refletir sobre o planejamento do curso e de cada aula, o professor precisa levar em consideração, entre outros aspectos, os níveis de distanciamento que podem existir entre o conhecimento prévio dos alunos sobre literatura em geral e sobre a que lhes está sendo ensinada. O idioma é também um obstáculo quando a maioria dos alunos não pode ler em português e precisa de traduções, às vezes não disponíveis, para acompanhar o curso. Tais limitações são mais presentes em contextos multiculturais e multilíngues, como no caso de Israel. Com base em nossa experiência de sala de aula, no contexto da Universidade Hebraica de Jerusalém e do Centro Cultural Brasileiro, em Tel Aviv, e em reflexões de estudiosos como Monteiro (2014), Librandi-Rocha (2014), entre outros, nosso principal objetivo é discutir até que ponto os professores conseguem desenvolver um trabalho capaz tanto de aproximar o aluno dessa produção literária que lhe é nova, como da língua, cultura e história que lhe dão suporte e sem as quais ela não existiria. Acreditamos ser necessário flexibilidade de ambos os lados: ao professor cabe ser um mediador atento ao contexto cultural dos alunos, e a estes, desvencilhar-se de ideias pré-concebidas em relação à outra cultura.


Palavras-chave


literatura brasileira; ensino; ensino de literatura brasileira para estrangeiros; tradução.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2019.42542

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005