DA FORMAÇÃO DO LEITOR AO FORMADOR DE LEITORES DO TEXTO LITERÁRIO

Maria Fátima Xavier da Anunciação de ALMEIDA

Resumo


Neste texto, apresentamos alguns pontos de reflexão relacionados à formação do leitor do texto literário, particularmente do leitor formador, o professor de português e de literatura, que ensina literatura e trabalha com o texto literário nos finais do ensino fundamental e do ensino médio na educação básica brasileira e sul-mato-grossense. Trata-se de parte de discussão que vem sendo realizada em uma pesquisa, nas áreas inter-relacionadas de literatura e de educação, tendo como perspectivas teóricas a estética da recepção, o foco humanizador da literatura e da educação problematizadora. Nesse sentido, consideramos que o leitor formador é o principal responsável pelo trabalho pedagógico e estético com o texto literário na escola básica, portanto, tem a incumbência de formar leitores. Ele precisou ser formado por outros formadores de leitores e passou pela escola básica, também, além de ter frequentado e concluído um curso de Letras. Todavia, o processo da formação inicial dele pode ter sido insuficiente, necessitando que haja uma formação continuada na área da educação literária. Discutimos essas questões, principalmente, por meio do pensamento de Bordini e Aguiar (1988), Candido (1995, 1997), Casa Nova (2001), Cosson (2012), Eagleton (1997), Freire (1987, 2003, 2005, 2011, 2013), Geraldi (2004), Jauss(2002), Lajolo (1988, 1997, 2001), Lima (2002), Mortatti (2014) e  Zilberman (1988, 1990, 1991, 2008, 2012, 2014).


Palavras-chave


formação do leitor; texto literário; formação do professor; ensino de literatura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2015.19147

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005