SURDOS NA UNIVERSIDADE: QUESTÕES DE LETRAMENTOS, CULTURA E IDENTIDADE

Danielle Cristina Mendes PEREIRA, Valéria Campos MUNIZ

Resumo


Este artigo aborda eventos e práticas de letramento de surdos universitários, a partir de uma visão múltipla de letramento. A presença do surdo no ensino superior exige a tessitura de um novo paradigma de discurso acadêmico, fundamentado em uma percepção fora do logocentrismo, e a ruptura da percepção de letramento como unicamente relacionado ao texto escrito. Desse modo, explanar-se-á sobre o afastamento do modelo autônomo de letramento, ao se reconhecer a capacidade e a diversidade das práticas de letramento do aluno surdo, o que implica a compreensão de um indivíduo com potencial de aprendizagem, de modo indistinto do ouvinte, cujo processo de cognição transita por caminhos diversos. A supressão da audição e a condição visuoespacial da Libras orientam um modo de apreensão da realidade fortemente marcado pela visualidade. Assim, busca-se refletir sobre uma lacuna importante no que concerne ao ensino superior de surdos: respeitá-los como falantes de Libras e aceitar seus usos e práticas específicas da Língua Portuguesa, o que pressupõe o reconhecimento de formas desviantes de padrões estabelecidos como únicos e verdadeiros. Propõe-se a reflexão acerca da premência de reconhecer o surdo enquanto membro de um grupo com língua e cultura específicas, respeitando a sua singularidade de participar do mundo por intermédio da Libras, e compreendendo a sua experiência visual, que denota uma maneira peculiar de ver e de estar no mundo, traduzida em determinados comportamentos cognitivos e sociais a perfazer a sua identidade.


Palavras-chave


Identidade; Surdez; Letramento; Libras; Língua Portuguesa como L2

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2015.18429

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005