Atuação da enfermeira obstétrica na assistência ao trabalho de parto e parto [Obstetric nurse's role in the care of labor and chilbirth] [Actuación de la enfermera obstétrica en la asistencia al trabajo de parto y parto]

Maria Elisângela Torres de Lima Sanches, Sonia Maria Oliveira de Barros, Amuzza Aylla Pereira dos Santos, Tâmara de Oliveira Lucena

Resumo


Objetivo: descrever as condutas utilizadas pela enfermeira obstétrica na assistência ao trabalho de parto e parto. Método: estudo observacional, descritivo e retrospectivo, realizado em duas maternidades de Maceió-Alagoas com 138 prontuários. A coleta de dados se deu por meio do partograma e da declaração de nascidos vivos que ficam anexadas ao prontuário. As variáveis foram agrupadas em categorias e descritas em percentuais e variáveis categóricas. Resultados: foi possível observar que não houve diferença, estatisticamente significante entre as instituições (p<0,05) nem em relação à idade, nem escolaridade. Já em relação às variáveis obstétricas, notou-se que houve diferença estatisticamente significante entre as instituições (p<0,05) em relação à paridade, idade gestacional, posição materna, uso de ocitocina e complicações. Conclusão: As ações realizadas pelas enfermeiras na assistência ao trabalho de parto e parto neste estudo estão dentro de um contexto de mudança real de paradigma e de postura frente às evidências científicas.

ABSTRACT

Objective: to describe the managements used by the obstetric nurse in assisting labor and parturition. Methods: an observational, descriptive and retrospective study conducted in two maternity hospitals in Maceió-Alagoas with 138 medical records. Data were collected through the partograph and the declaration of live births attached to the medical record. Variables were categorized and described as percentages and categorical variables. Results: it was possible to observe that there was no statistically significant difference between institutions (p <0.05), regarding age and education. Considering maternal variables, it was observed that there was a statistically significant difference between institutions (p <0.05) regarding parity, gestational age, maternal position, oxytocin use and complications. Conclusion: Actions performed by nurses in the care of labor and delivery in this study are within a context of real change of paradigm and attitude towards scientific evidence.

RESUMEN

Objetivo: describir las acciones utilizadas por la enfermera obstétrica para ayudar en el parto y el parto. Métodos: estudio observacional, descriptivo y retrospectivo realizado en dos maternidades de Maceió-Alagoas con 138 historias clínicas. Los datos se recopilaron a través del partograma y la declaración de nacimientos vivos adjunta a la historia clínica. Las variables se clasificaron y describieron como porcentajes y variables categóricas. Resultados: fue posible observar que no hubo diferencias estadísticamente significativas entre las instituciones (p <0.05), con respecto a la edad y la educación. Considerando las variables maternas, se observó que había una diferencia estadísticamente significativa entre las instituciones (p <0.05) con respecto a la paridad, edad gestacional, posición materna, uso de ocitocina y complicaciones. Conclusión: Las acciones realizadas por las enfermeras en el cuidado del trabajo de parto y el parto en este estudio están dentro de un contexto de cambio real de paradigma y actitud hacia la evidencia científica.


Palavras-chave


Enfermagem obstétrica; parto; trabalho de parto; parto humanizado

Texto completo:

PDF(por) PDF(eng) (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2019.43933

Direitos autorais 2019 Maria Elisângela Torres de Lima Sanches, Sonia Maria Oliveira de Barros, Amuzza Aylla Pereira dos Santos, Tâmara de Oliveira Lucena

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.