A promoção do cuidado materno ao neonato prematuro: a perspectiva da educação problematizadora em saúde [Promoting mothers’ care for premature neonates: the perspective of problem-based education in health]

Bárbara Bertolossi Marta de Araújo, Benedita Maria Rêgo Deusdará Rodrigues, Sandra Teixeira de Araújo Pacheco

Resumo


O objetivo deste estudo é refletir sobre a educação em saúde inspirada na educação problematizadora de Freire,visando a promoção do cuidado materno emancipatório ao recém-nascido prematuro pela equipe de enfermagem. Inicialmente,enfoca-se o cuidado materno na unidade neonatal, seguido da educação problematizadora em saúde e da promoçãodo cuidado materno pela enfermagem na unidade neonatal, tendo como base os princípios da dialogicidade e respeito pelooutro. A educação em saúde inspirada na educação problematizadora de Freire deve fazer parte da práxis da equipe deenfermagem e, em especial, do enfermeiro. Assim, a mãe do prematuro pode habilitar-se a participar dos cuidados de seufilho, bem como das decisões sobre as condutas terapêuticas a ele direcionadas, redefinindo seu espaço na unidade neonatal.

ABSTRACT

This study discusses health education inspired in the problem-based education of Freire, with a view to nursingstaffs’ promoting emancipatory care by mothers for their premature babies. It focuses first on care by mothers in a neonatal unit,followed by problem-based education in health, and nurses’ promotion of maternal care in the neonatal unit, all based on theprinciples of dialog and respect for others. Health education inspired in Freire’s problem-based education should form part ofthe praxis of nursing teams, and especially of nurses. In this way, the premature baby’s mother may be enabled to participatein care for her child, and in decisions on therapeutic conduct towards the child, thus redefining her place in the neonatal unit.

RESUMEN

El objetivo de este trabajo es discutir la educación en salud inspirada en la educación problematizadora de Freire,destinada a promover el cuidado materno emancipatorio para bebé prematuro por el personal de enfermería. Inicialmente, secentra en el cuidado materno en la unidad neonatal, seguido por la educación problematizadora en salud y de la promocióndel cuidado materno por las enfermeras en la unidad neonatal, basado en los principios del diálogo y del respeto por losdemás. Educación en salud inspirada en la educación problematizadora de Freire debe ser parte de la práctica del equipo deenfermería y, sobre todo, del enfermero. Así, la madre del prematuro puede calificarse para participar del cuidado de su niñoy de las decisiones sobre enfoques terapéuticos para él, con redefinición de su lugar en la unidad neonatal.

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2015.14779


Palavras-chave


Mães; prematuro; unidade neonatal; educação em saúde; enfermagem.

Texto completo:

PDF(por) HTML(ENG)


DOI: https://doi.org/10.12957/reuerj.2015.14779

Direitos autorais 2015 Bárbara Bertolossi Marta de Araújo, Benedita Maria Rêgo Deusdará Rodrigues, Sandra Teixeira de Araújo Pacheco

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.