Percepções do enfermeiro: manuseio do copo pelas mães na alimentação do recém-nascido em unidade neonatal [Perceptions of nurses: the use of cup by mothers in feeding their newborns in the neonatal unit]

Sandra Teixeira de Araújo Pacheco, Raissa Rodrigues Organista, Benedita Maria Rêgo Deusdará Rodrigues, Mirian Carla Rosse Dionisio, Michele de Oliveira Guimarães Carvalho, Simone Muniz de Souza

Resumo


Objetivou-se descrever as percepções do enfermeiro em relação ao manuseio do copo pelas mães na alimentação do recém-nascido, em unidade neonatal. Estudo qualitativo, realizado em uma unidade neonatal de um hospital universitário do município do Rio de Janeiro, através de entrevistas semiestruturadas com 11 enfermeiros. Estas ocorreram nos meses de janeiro e fevereiro de 2013. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo na modalidade temática, originando duas cat­egorias: dificuldades das mães frente ao uso do copo, na visão dos enfermeiros; os medos das mães diante da técnica do copo. Conclui-se ser primordial que os enfermeiros oportunizem espaços adequados para as mães expressarem suas dificuldades, incertezas e limitações, o que pode refletir-se em uma assistência de enfermagem mais acolhedora junto a essas mulheres e consequentemente melhor adesão a essa prática alimentar.

 

ABSTRACT

This study aimed at describing nurses’ perception of the use of the cup by mothers in the neonatal unit while feeding their newborns. Qualitative study in a neonatal unit of a university hospital in the city of Rio de Janeiro, RJ, Brazil. Semi-structured interviews with 11 nurses occurred from January to February, 2013. Data were subject to contents analysis on the theme mode, and generated two categories: difficulties mothers faced with the use of cup in the nurses’ regard; fears mothers showed in face of the cup technique. Conclusions show it is paramount for nurses to allow for mothers’ expression of their difficulties, uncertainties, and limitations, which may result in a more welcoming nursing assistance to those women and, ultimately, enhance adherence to that dietary practice.

RESUMEN

Este estudio tuvo como objetivo describir las percepciónes del enfermero sobre el uso de la copa por las madres en La alimentación Del recién nacido en unidad neonatal. Estudio cualitativo en una unidad neonatal de un hospital univer­sitario de la ciudad de Río de Janeiro - Brasil, a través de entrevistas semiestructuradas con 11 enfermeros. Estos hechos se produjeron en los meses de enero y febrero de 2013. Los datos fueron sometidos al análisis de contenido en temática, dando dos categorías: dificultades de las madres con el uso de La copo, en vista de los enfermeros; los temores de las madres delante de la técnica de la copa. Se concluye que los enfermeros deben oportunizar espacios adecuados para las madres expresarem sus dificultades, incertidumbres y limitaciones, lo que puede traducirse en una asistencia de enfermería más acogedora para estas mujeres y, por tanto, una mejor adherencia a esa práctica.


Palavras-chave


Enfermagem; mães; percepção; alimentação [Nursing; mothers; perception; feeding] [Enfermería; madres; la percepción; de suministro]

Texto completo:

PDF(Por) HTML(Eng)


Direitos autorais 2014 Sandra Teixeira de Araújo Pacheco, Raissa Rodrigues Organista, Benedita Maria Rêgo Deusdará Rodrigues, Mirian Carla Rosse Dionisio, Michele de Oliveira Guimarães Carvalho, Simone Muniz de Souza

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.