PERFIL LIPÍDICO E GLICÊMICO DE RATOS SUBMETIDOS A DIETAS COM FIBRA DA CASCA E TALO DE BANANA

Thielen Borba da Costa, Catia Silva Silveira, Marina Couto Pereira, Elizabete Helbig

Resumo


Objetivo: O estudo teve por objetivo avaliar os efeitos da ingestão de dietas contendo a fibra presente na casca e talo da banana, no perfil glicêmico e lipídico de ratos da linhagem Wistar. Metodologia: Estudou-se, durante 65 dias, a influência de dietas contendo fibras provenientes da casca (GFC), talo da banana (GFT) e ambas as fibras (GFCT), em relação à dieta controle (GA), no perfil glicêmico e lipídico de 24 ratos machos da linhagem Wistar, com peso médio inicial de 54,06g, distribuídos de forma equitativa em quatro grupos. O grupo controle (GA) recebeu dieta AIN acrescida de 1% de colesterol cristalino e 0,1% de ácido cólico, e as dietas experimentais foram semelhantes ao grupo controle, com substituição da fonte de fibra.  Resultados: Nos grupos de tratamento (GFC, GFT e GFCT), houve aumento dos níveis glicêmicos, de triglicerídeos e redução do colesterol total e LDL-C séricos, em relação ao grupo controle (GA). Os níveis de VLDL-C mostraram-se reduzidos apenas para o grupo contendo fibras provenientes da casca.  Conclusões: A inserção de fibra na dieta, proveniente da casca e talo da banana, bem como da mistura de ambos, mostrou efetividade de uso sobre o perfil lipídico e capacidade de manutenção dos níveis de glicemia dos ratos alimentados com dietas contendo fibra oriunda da casca e do talo.

DOI: 10.12957/demetra.2018.29559

 

DOI: 10.12957/demetra.2018.29559


Palavras-chave


Fibra Alimentar. Banana. Glicemia. Ratos. Lipídeos.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2018.29559