ANÁLISE DOS CADERNOS DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL VOLTADOS AOS SERVIÇOS SOCIOASSISTENCIAIS

Letícia Simon, Maurem Ramos, Roger dos Santos Rosa

Resumo


Contexto: A Educação Alimentar e Nutricional tem importante papel na promoção da saúde por meio da mudança do comportamento alimentar. Diante disso, vem sendo incorporada como estratégia nas políticas públicas brasileiras de diversos setores. Os serviços socioassistenciais visam à redução de riscos e vulnerabilidade, bem como à promoção de direitos, configurando espaços com potencial para o processo educativo. Objetivo: Analisar criticamente, à luz de Paulo Freire e na perspectiva de material educativo/didático, os Cadernos de Educação Alimentar e Nutricional voltados aos serviços socioassistenciais, identificando a dimensão teórico-metodológica na sua construção, aplicabilidade de conceitos e informações abordados, a responsabilidade pela implementação do processo de Educação Alimentar e Nutricional e verificando sua estrutura e redação. Resultados: Após análise dos Cadernos, verificou-se que (i) a fundamentação teórico-metodológica a ser seguida não é mencionada e, embora façam alusão a Paulo Freire, as atividades propostas não estão de acordo com os conceitos pressupostos por este; (ii) a redação apresenta falhas com relação à norma escrita e ao uso de referências; (iii) o profissional responsável pela execução das ações não está indicado. Conclusão: A publicação de orientações para o processo de Educação Alimentar e Nutricional é fundamental, mas deve ter fundamentação teórico-metodológica clara e concisa para, de fato, contribuir com a mudança autônoma e voluntária do comportamento alimentar.

DOI: 10.12957/demetra.2017.28652

 

 


Palavras-chave


Educação Alimentar e Nutricional. Assistência Social. Promoção da Saúde. Segurança Alimentar e Nutricional. Políticas Públicas

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2017.28652

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.