DESENVOLVIMENTO DE UM QUESTIONÁRIO DE FREQUÊNCIA ALIMENTAR PARA POPULAÇÕES QUILOMBOLAS DO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL

Mariana Espinoza Rivas, Pauline Müller Pacheco, Fernanda Souza de Bairros, Marilda Borges Neutzling

Resumo


Objetivo: desenvolver um questionário de frequência alimentar para investigar o consumo alimentar de adultos pertencentes a comunidades quilombolas do Rio Grande do Sul. Métodos: O questionário de frequência alimentar foi elaborado com base na aplicação prévia de recordatório alimentar de 24 horas de um estudo transversal realizado em 2011, com amostra representativa da população em estudo. Foram coletados 589 recordatórios, gerando uma lista de 163 itens alimentares. Destes, foram selecionados aqueles com frequência de aparecimento de pelo menos 5%, além dos que apresentaram contribuição percentual para a ingestão de energia e dos nutrientes de interesse no estudo. Resultados: os alimentos mais consumidos pela população quilombola foram: arroz, óleo de soja, café, feijão, pães, açúcar e carne bovina. O alimento com maior contribuição para a ingestão calórica e de sódio foi o pão caseiro. Para a ingestão de proteína, a carne bovina. Para os lipídeos, o óleo de soja. Para as fibras e potássio, o feijão.  E para a vitamina C, a laranja. A lista final do questionário de frequência alimentar contém 65 itens alimentares. Conclusões: O presente estudo contribui para a identificação dos hábitos alimentares das comunidades quilombolas do Rio Grande do Sul.

DOI: 10.12957/demetra.2016.23266

 

 


Palavras-chave


Questionário de frequência alimentar. Doenças crônicas. Populações vulneráveis. Consumo de alimentos.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2016.23266