O TEXTO E O ENSINO DA LÍNGUA

Aira Suzana Ribeiro Martins

Resumo


Muito se discute sobre a dificuldade dos estudantes em interpretar satisfatoriamente e redigir um texto de forma coerente e coesa. Alguns acreditam que essas competências podem ser adquiridas com o hábito de leitura. Sem dúvida, a prática de leitura é essencial para o desenvolvimento da compreensão leitora e da escrita, porém essa atividade não é suficiente para que o indivíduo seja capaz de perceber o funcionamento da língua e refletir sobre ela. Com o conhecimento da Gramática, o indivíduo será capaz de reconhecer as características dos vários usos a que a língua se propõe e ter a habilidade de empregar o registro adequado às necessidades comunicativas. Nesse sentido, nosso trabalho pretende refletir sobre a necessidade do ensino da Gramática para que o aluno adquira condições de, futuramente, buscar informação, de forma autônoma, em diferentes fontes. Para que esse objetivo seja alcançado, é necessário que a reflexão sobre os usos da língua seja constante, tendo o texto como base. Desse modo, propomos, neste texto, uma atividade de leitura associada ao estudo dos elementos linguísticos. Tencionamos, com tal prática, que o aluno perceba a função da língua na construção do texto e faça uma reflexão sobre seus usos. Acreditamos, ainda, que atividades como essa contribuam para o respeito às variedades linguísticas e a compreensão da necessidade de adequação do registro às diferentes situações por parte do aluno.


Palavras-chave


Leitura; Compreensão; Conhecimento linguístico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2018.38094

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.