TENSIONANDO CURRÍCULOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Cristiana Callai, Andréa Serpa

Resumo


Este artigo problematiza diferentes concepções de infância, ensino e aprendizagem, currículos e práticas de avaliação que se movem e se confrontam no cotidiano escolar. Pretendemos refletir sobre estes confrontos e suas implicações para pensar a educação das crianças desde a Educação Infantil. Há alguns anos, trabalhando na formação de professoras para o Ensino Fundamental e Educação Infantil, acompanhando as políticas públicas para diferentes redes no Estado do Rio de Janeiro, observamos como ainda se faz necessária a discussão sobre os currículos propostos para a educação das infâncias, como algumas concepções conteudistas e meritocráticas estabelecem-se como hegemônicas, transformando a escola em uma corrida de obstáculos.


Palavras-chave


Avaliação; Currículo; Educação Infantil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/teias.2018.35672

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1518-5370 [impresso] • 1982-0305 [eletrônico]
Teias, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação – ProPEd/UERJ
Qualis/Capes - B1 - Educação
DOI: 10.12957/teias

 

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional