ANÁLISE DOS DOCUMENTOS ORIENTADORES PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA BNCC E O CURRÍCULO DE REFERÊNCIA DE MINAS GERAIS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2023.74962

Palavras-chave:

Currículo, Educação Básica, Formação Humana.

Resumo

O processo de discussão em torno da BNCC, bem como suas implicações para os referenciais curriculares de estados e munícipios e as políticas públicas de educação, ao longo dos anos, tem ganhado notoriedade e relevância social e científica em todo o território nacional. O objetivo do artigo foi analisar as formulações dos documentos orientadores para o processo de implementação da BNCC e que serviram de base para a construção dos Referencias Curriculares de estados e municípios, entre eles o Currículo de Referência de Minas Gerais. Para realizar nossa análise, tomamos como método o Materialismo Histórico-Dialético e como estratégia de análise, utilizamos de maneira crítica e reflexiva a análise de conteúdo das formulações presentes nos documentos que tratam do objeto do nosso artigo. As análises das formulações dos documentos orientadores para o processo de implementação da BNCC e que serviram de base para a construção dos Referencias Curriculares e para o Currículo de Referência de Minas Gerais, nos ajudam a compreender o projeto de formação humana orientada pelas formulações do capital transvestidas de ações pseudodemocráticas para legitimar a implementação da BNCC e dos Referencias Curriculares de estados e municípios.

Biografia do Autor

Ramon Mendes da Costa Magalhães, Universidade do Estado de Minas Gerais

Atualmente é Professor de Ensino Superior da Universidade do Estado de Minas Gerais, Campus Carangola/MG, e da rede municipal de educação de Duque de Caxias, e doutorando no Programa de Pós graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (PPGEDUC-UFRRJ).

Bianca Silva Sousa, Universidade do Estado de Minas Gerais

Acadêmica do Curso de Pedagogia – UEMG/Unidade Acadêmica de Carangola, bolsista de iniciação científica do Programa Institucional de Apoio à Pesquisa – PAPq/UEMG

Micaelle Oliveira de Souza, Universidade do Estado de Minas Gerais

Graduada no Curso de Pedagogia – UEMG/Unidade Acadêmica de Carangola, ex-bolsista de iniciação científica do Programa Institucional de Apoio à Pesquisa – PAPq/UEMG

Camila Miranda Ferreira de Souza, Universidade do Estado de Minas Gerais

Acadêmica do Curso de Pedagogia – UEMG/Unidade Acadêmica de Carangola, bolsista de iniciação científica voluntária da UEMG/Unidade Carangola.

Referências

APPLE, Michael Whitman. Repensando ideologia e currículo. In: MOREIRA, Antônio Flávio; TADEU, Tomaz. (Orgs.). Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez, 2002, p. 39-57.

ARAÚJO, Renata Suzana Ribeiro. Os saberes das/dos professoras/es sobre a Base Nacional Comum Curricular - Educação Infantil. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Pedagogia) Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba. 2020. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/17797?locale=pt_BR Acesso em: 02 mar. 2023.

BRASIL. Guia de implementação da Base Nacional Comum Curricular: Orientações para o processo de implementação da BNCC. 2020.

BRASIL. Portaria Nº 331, DE 5 DE ABRIL DE 2018. 2018.

BRASIL. Programa de Apoio à Implementação da BNCC – ProBNCC: Documento Orientador. 2019.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº 2, de 22 de dezembro de 2017. Institui e orienta a implantação da Base Nacional Comum Curricular, a ser respeitada obrigatoriamente ao longo das etapas e respectivas modalidades no âmbito da Educação Básica. 2017.

CÁSSIO, Fernando. Participação e Participacionismo na construção da Base Nacional Comum Curricular. Jornal NEXO [online], 2 de dezembro de 2017. Disponível em: https://www.nexojornal.com.br/ensaio/2017/Participa%C3%A7%C3%A3o-e-participacionismo-na-constru%C3%A7%C3%A3o-da-Base-Nacional-Comum-Curricular Acesso em: 02 mar. 2023.

CHAVES, Priscila Monteiro. Uma base para a semiformação socializada: a vulgarização da crítica como estratégia de produção do consenso. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.37. 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/tcbSDFrrZgfXTbBwN6Gx7Yz/ Acesso em: 03 mar. 2023.

DUARTE, Newton. As pedagogias do ―aprender a aprender‖ e algumas ilusões da assim chamada sociedade do conhecimento. Revista Brasileira de Educação. n°18, p.35-40, 2001.

FILIPE, Fabiana Alvarenga; SILVA, Dayane dos Santos; COSTA, Áurea de Carvalho. Uma base comum na escola: análise do projeto educativo da Base Nacional Comum Curricular. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, [S.l.], v. 29, n. 112, p. 783-803, july 2021. ISSN 1809-4465. Disponível em: https://revistas.cesgranrio.org.br/index.php/ensaio/article/view/2296 . Acesso em: 02 mar. 2023.

GALIAN, Cláudia Valentina Assumpção; PIETRI, Émerson; SASSERON, Lúcia Helena. Modelos de professor e aluno sustentados em documentos oficiais: dos PCNS à BNCC. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.37, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista/article/view/25551 Acesso em: 03 mar. 2023.

GONÇALVES, R. M.; MACHADO, T. M. R.; CORREIA, M. J. N. A BNCC na contramão das demandas sociais: planejamento com e planejamento para. Práxis Educacional, [S. l.], v. 16, n. 38, p. 338-351, 2020. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/6012. Acesso em: 2 mar. 2023.

KOPNIN. Pável Vassílyevitch. A dialética como lógica e teoria do conhecimento. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1978.

KOSIK, Karel. Dialética do Concreto. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

KOEPSEL, Eliana Cláudia Navarro; GARCIA, Sandra Regina de Oliveira; CZERNISZ, Eliane Cleide da Silva. A tríade da reforma do ensino médio brasileiro: lei nº 13.415/2017, BNCC e DCNEM. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.36, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista/article/view/38043 Acesso em: 03 mar. 2023.

KUENZER, Acácia Zeneida. Conhecimento e competências no trabalho e na escola. Boletim Técnico do Senac, Rio de Janeiro, v.28, n.2, p. 2-11, maio/ago., 2002. Disponível em: http://servicos.educacao.rs.gov.br/dados/seminariointernacional/acacia_kuenzer_conhec_compet_trab_esc.pdf Acesso em: 08 de abr. 2021.

LÖWY, Michael. Ideologias e ciência social: elementos para uma análise marxista. São Paulo: Cortez, 1992.

MAGALHÃES, R. M. C. O CURRÍCULO MÍNIMO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: competências conceituais, procedimentais e atitudinais. Revista Communitas, v. 6, p. 306, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufac.br/index.php/COMMUNITAS/article/view/6024 Acesso em: 05 out. 2023.

MARTINS, A. S.; SOUZA, C. A.; PINA, L. D. Empresas sociais e a privatização de novo tipo da educação básica: um estudo sobre a relação público-privada em cidades de Minas Gerais-Brasil. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 28, n. 183, dez. 2020. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=7768076 Acesso em: 11 jan. 2021

MELO, Alessandro; MAROCHI, Ana Claudia. Cosmopolitismo e performatividade: categorias para uma análise das competências na base nacional comum curricular. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.35, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/4DQvHYbQqZRGgg5BjT6jn5y/?lang=pt. Acesso em: 03 mar. 2023.

MINAS GERAIS. Currículo Referência de Minas Gerais. 2019.

PENNA, A. M.; SEÑORANS, B. S. S.; LIMA, G. G.; SILVA, J. F.; COSTA, L. M.; GUIMARÃES, M. W.; DIAN, M. R. P. Império das competências: nada de novo no projeto do capital para a chamada educação do século XXI. A busca do antídoto para o seu próprio veneno?. Germinal: marxismo e educação em debate, [S. l.], v. 14, n. 3, p. 189–218, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/view/51311 Acesso em: 16 jan. 2023.

PINTO, Samilla Nayara dos Santos; MELO, Savana Diniz Gomes. Mudanças nas políticas curriculares do ensino médio no Brasil: repercussões da BNCCEM no currículo mineiro. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.37, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/edrevista/article/view/34196 Acesso em: 02 mar. 2023.

RAMOS, Marise Nogueira. Os limites da noção de competência sob a perspectiva da formação humana. Movimento, Niterói, n. 4, p. 47-64, set. 2001.

RAMOS, Marise Nogueira. Trabalho, educação e correntes pedagógicas no Brasil: um estudo a partir da formação dos trabalhadores técnicos da saúde. Rio de Janeiro: EPSJV, UFRJ, 2012.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. Campinas: Autores Associados, 2005.

SILVA, Monica Ribeiro. A BNCC da reforma do ensino médio: o resgate de um empoeirado discurso. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.34, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/V3cqZ8tBtT3Jvts7JdhxxZk/abstract/?lang=pt Acesso em: 02 mar. 2023.

SILVA, Roberto Rafael Dias. da. Currículo, conhecimento e transmissão cultural: contribuições para uma teorização pedagógica contemporânea. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 46, n. 159, p. 158–182, 2016. Disponível em: https://publicacoes.fcc.org.br/cp/article/view/3507 . Acesso em: 2 mar. 2023.

SILVA, Silvana do Nascimento; LOUREIRO, Carlos Frederico Bernardo. As Vozes de Professores-Pesquisadores do Campo da Educação Ambiental sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC): Educação Infantil ao Ensino Fundamental. Ciência educação, Bauru, v.26, 2020. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-73132020000100203&lng=pt&nrm=iso . Acesso em 02 mar. 2023.

THIESEN, Juares da Silva. Quem girou as chaves da internacionalização dos currículos na educação básica?. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.34, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/RQYkMyR9SQRrRvptQtGsyLF/?lang=pt Acesso em: 03 mar. 2023.

Downloads

Publicado

30-12-2023

Como Citar

MAGALHÃES, Ramon Mendes da Costa; SOUSA, Bianca Silva; SOUZA, Micaelle Oliveira de; SOUZA, Camila Miranda Ferreira de. ANÁLISE DOS DOCUMENTOS ORIENTADORES PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA BNCC E O CURRÍCULO DE REFERÊNCIA DE MINAS GERAIS. Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 11–31, 2023. DOI: 10.12957/riae.2023.74962. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/74962. Acesso em: 13 jul. 2024.