PERCEPÇÕES DOCENTES ACERCA DA LEI 10.639/03: OBRIGATORIEDADE DA TEMÁTICA "HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA" NA EDUCAÇÃO BÁSICA?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2024.73744

Palavras-chave:

IFNMG, Racismo, Raça, Ensino Médio Integrado.

Resumo

Este trabalho objetivou discutir a percepção de docentes do IFNMG campus Almenara acerca da Lei 10.639/2003 e revelar as opiniões sobre o tema. Trata-se de pesquisa aplicada, exploratória com abordagem descritiva e qualitativa. A coleta de dados se deu a partir de questionário via Google Forms. Como resultado, percebe-se que o tema não recebe a devida atenção. Em relação às percepções, ressalta-se que não há, por parte do estado, oferta de formação docente para conhecimento da legislação que conduz a demandas e isso deixa de ser disponibilizado aos alunos. Assim, em vez de trabalhar na direção do combate às forças racistas, a educação adia esse compromisso e contribui para a perpetuação desse fenômeno. Logo, a escola precisa oferecer formação e defender a pauta da equidade racial e social.

Biografia do Autor

Cláudia Adriana Souza Santos, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - IFNMG

Graduada em Letras Português pela Universidade Estadual de Montes Claros (2001), graduada em Letras Inglês pela Universidade Estadual de Montes Claros (2004), pós-graduada "lato sensu" em Linguística Aplicada ao Ensino de Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Montes Claros (2004) e mestre em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Uberlândia. Professora de educação superior em cursos regulares presenciais e à distância pela Universidade Estadual de Montes Claros, no período de 2006 à 2015. Professora de Ensino Fundamental na Escola Municipal Dominguinhos Pereira - CAIC Maracanã, efetiva no cargo de 2005 a 2019. Atualmente, professora do Instituto Federal do Norte de Minas, Campus Almenara. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: prática pedagógica, ortografia, texto impresso, produção de texto, linguística geral, fonética e fonologia, sintaxe, morfossintaxe, semântica, aquisição da leitura e da escrita, morfologia, português instrumental, linguística aplicada ao ensino do português, e língua portuguesa e literatura para Ensino Fundamental e Médio. No momento, presidenta do Núcleo de Estudos Afro-brasileiro e Indígena do IFNMG Campus Almenara e membro do NEABI Central do IFNMG.

Bernardo Almeida Rocha, Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP

Graduando em Engenharia de Produção na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG) - campus Almenara (2023). É membro dos seguintes grupos de pesquisa: Núcleo de Estudos, Pesquisas e Extensão Afro-brasileiros Indígenas (NEABI - UFOP), Observatório das Desigualdades e Discriminações Étnico-raciais (Unimontes/CNPq) e do Grupo de Pesquisa em Métodos Quantitativos Aplicados (IFNMG/CNPq). Durante o ensino médio atuou como membro do NEABI do IFNMG - campus Almenara (2021-2023) e como Bolsista de Iniciação Científica Júnior do CNPq (2021-2023). Atualmente é Pesquisador Voluntário em pesquisas de caráter de Iniciação Cientifica no IFNMG - campus Almenara e na UFOP atuando principalmente nos seguintes temas: empreendedorismo e inovação, relações de trabalho, diversidade, inclusão, discriminações étnico-raciais, racismo, educação e políticas públicas sociais.

Referências

ALBERTI, V.; PEREIRA, A. A. O Movimento Negro no Brasil. In: Portal Geledés. Disponível em: https://bityli.com/GZDfJiYYD. Acesso em: 20 fev. 2023.

ARAUJO, L. F. A Lei 10639 e sua maior idade. Há o que se comemorar? Revista Docência e Cibercultura, v. 5, n. 2, p. 279–294, 12 jul. 2021. https://doi.org/10.12957/redoc.2021.57479.

BHERING, M. de S.; FONSECA, V. M. da; SILVA, T. H. M. A BNCC e a Lei n. 10639/2003: Componentes curriculares e educação antirracista. Revista de Ciências Humanas, v. 2, n. 21, 28 dez. 2021. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/RCH/article/view/12726. Acesso em: 10 dez. 2022.

BRASIL. Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil de 24 de fevereiro de 1891. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao91.htm . Acesso em: 20 fev. 2023.

________. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, [2016]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm . Acesso em: 23 fev. 2023.

________. LDB - Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996.

________. Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática ‘História e Cultura Afro-Brasileira’, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 10 jan. 2003. Disponível em: https://bityli.com/HLXTNYHCq . Acesso em: 20 fev. 2023.

CARVALHO, A. P. P. de. A aplicabilidade da Lei 10639/03 como instrumento de garantia de direitos humanos e cidadania. 2015. 44 f. Monografia – Universidade de Brasília, Brasília, 2015.

FERNANDES, F. O negro no mundo dos brancos. São Paulo: Difel, 1972. p. 136-137.

FONSECA, D. M. V. A implementação da Lei no. 10.639/2003 na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. 2015. 182 f. Dissertação de Mestrado – Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2015.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2021.

GOMES, N. L. O movimento negro educador. Petrópolis-RJ: Vozes, 2017.

GUIMARÃES, A. S. A. Raça e os Estudos das Relações Raciais no Brasil. Novos Estudos. São Paulo: CEBRAP, n. 54, jul, p. 148, 1999. Disponível em: https://bityli.com/P1Z6f. Acesso em: 20 fev. 2023.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

________. Técnicas de Pesquisa. 8. Ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MOITA LOPES, L. P. Afinal, o que é lingüística aplicada. In: Moita Lopes, L. P. Oficina de lingüística aplicada. Campinas: Mercado de Letras, 1996.

PAULA, B. X. de; GUIMARÃES, S. 10 anos da lei federal no 10.639/2003 e a formação de professores: uma leitura de pesquisas científicas. Educação e Pesquisa, v. 40, p. 435–448, jun. 2014. https://doi.org/10.1590/S1517-97022014061517.

PEREIRA, J. S. Reconhecendo ou construindo uma polaridade étnico-identitária?desafios do ensino de história no imediato contexto pós-Lei no 10.639. Estudos Históricos (Rio de Janeiro), v. 21, n. 41, p. 21–43, jun. 2008. https://doi.org/10.1590/S0103-21862008000100002.

RIBEIRO, D. Pequeno Manual Antirracista. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2019. Acesso em: 18 abr. 2021.

SANTOS, F. R. dos. A construção da identidade negra através da lei 10.639/2003: os alunos da EJA em debate. Kwanissa: Revista de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros, v. 5, n. 12, 3 maio de 2022. DOI 10.18764/2595-1033v5n12.2022.4. Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/kwanissa/article/view/18685. Acesso em: 15 fev. 2023.

SANTOS, S. A. dos. A Lei no 10.639/03 como fruto da luta anti-racista do Movimento Negro. Educação anti-racista: caminhos abertos pela Lei Federal no 10.639/03/Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. p. 236.

SANTOS, T. V. A. dos S. Reflexões sobre Raça e Racismo – um percurso histórico. Status Libertatis, v. 2, n. 2, p. 22-29, 2018. Disponível em: https://periodicosonline.uems.br/index.php/libertatis. Acesso em: 20 fev. 2023.

SCHWARCZ, L. M. O espetáculo das raças: cientistas, instituições e questão racial no Brasil – 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993. p. 17-18.

Downloads

Publicado

16-01-2024

Como Citar

SANTOS, Cláudia Adriana Souza; ROCHA, Bernardo Almeida. PERCEPÇÕES DOCENTES ACERCA DA LEI 10.639/03: OBRIGATORIEDADE DA TEMÁTICA "HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA" NA EDUCAÇÃO BÁSICA?. Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 371–384, 2024. DOI: 10.12957/riae.2024.73744. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/73744. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ - 20 ANOS DA LEI 10.639: CONVERSAS CURRICULARES ENTRE SABERES, PRÁTICAS E POLÍTICAS ANTIRRACISTAS