QUESTÕES DE RAÇA E SANGUE: PROPOSTA DE SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO DE FISIOLOGIA HUMANA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2023.73238

Palavras-chave:

, Educação científica, Sequência didática, Questões étnico-raciais, Fisiologia humana

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo propor uma sequência didática (SD), voltada ao ensino de fisiologia humana na Educação Básica e alinhada às questões étnico-raciais, conforme a Lei 10.639/03. O estudo desenvolvido coaduna com a perspectiva de uma educação científica antirracista e crítica, como defendido por Francisco Júnior (2009), Verrangia e Silva (2010) e Pinheiro e Rosa (2018). Para a elaboração da SD nos ancoramos nos trabalhos de Méheut (2004, 2005) e Méheut e Psillos (2004), focalizados em uma abordagem construtivista de ensino que integra dimensões epistemológica e pedagógica. A SD foi orientada para o ensino sobre a circulação e a respiração humana, por meio da compreensão de uma cardiopatia congênita, a tetralogia de Fallot, e do diálogo com questões étnico-raciais que envolvem um dos protagonistas do tratamento científico desta doença, Vivien Theodore Thomas (1910-1985). Concluímos que é possível desenvolver propostas didáticas, no âmbito das ciências morfofuncionais, capazes de valorizar os conhecimentos científicos produzidos pelos filhos da afrodiáspora.

Biografia do Autor

Gabriel Ribeiro, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

bacharel em Fisioterapia pela Universidade Católica do Salvador (2002), especialista em Fisioterapia Musculoesquelética pela Universidade de Ribeirão Preto (2003), mestre em Morfologia e Medicina Experimental pela Universidade de São Paulo (2005) e doutor em Ciências da Educação, especialidade Educação em Ciências, pela Universidade do Minho (2017). Atualmente atuo como Professor Adjunto do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas (CCAAB) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e do Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre a Universidade.

Tamerson Bispo Santos, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Graduado em Licenciatura em Biologia pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) 2017-2022. Fez parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - Subprojeto Biologia (PIBID), sendo bolsista de 2018 à 2020 e do Programa Residência Pedagógica (PRP), Subprojeto Biologia, entre 2020-2022. Foi também voluntário no Laboratório de Apoio e Diagnóstico em Anemias (LADA) - CCAAB/UFRB, onde desenvolveu ações pedagógicas e de divulgação científica no Recôncavo sobre a Doença Falciforme.

Referências

ALMEIDA, Silvio Luiz de. Racismo Estrutural. São Paulo: Pólen Livros, 2019.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP 3/2004. Diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana. Diário Oficial da União, Brasília, 2004.

BRASIL. Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira”, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2003.

BROGAN, Thomas V.; ALFIERIS, George M. Has the time come to rename the Blalock-Taussig shunt?. Pediatric Critical Care Medicine, v. 4, n. 4, p. 450-453, 2003.

CAVALCANTI, Marcello Henrique da Silva; RIBEIRO, Matheus Marques; BARRO, Mario Roberto. Planejamento de uma sequência didática sobre energia elétrica na perspectiva CTS. Ciência & Educação (Bauru), v. 24, n. 4, p. 859-874, 2018.

FRANCISCO JUNIOR, Wilmo Ernesto. Educação anti-racista: reflexões e contribuições possíveis do ensino de ciências e de alguns pensadores. Ciência & Educação (Bauru), v. 14, p. 397- 416, 2008.

GONÇALVES, Marcio. Contribuições das mídias sociais digitais na divulgação científica. In: PINHEIRO, Lena Vania Ribeiro; OLIVEIRA, Eloísa da Conceição Príncipe de (Orgs.). Múltiplas facetas da comunicação e divulgação científica: transformações em cinco séculos. Brasília: IBICT, 2012, v. 1, p. 168-185.

JESUS, Jeobergna de; PAIXÃO, Marília Costa Santos da; PRUDÊNCIO, Christiana Andrea Vianna. Relações étnico-raciais e o ensino de ciências: um mapeamento das pesquisas sobre o tema. Revista da FAEEBA-Educação e Contemporaneidade, v. 28, n. 55, p. 221-236, 2019.

LÓPEZ-MANJÓN, Asunción; ANGÓN, Yolanda Postigo. Representations of the human circulatory system. Journal of Biological Education, v. 43, n. 4, p. 159-163, 2009.

MARIEB, Elaine; WILHELM, Patricia; MALLATT, Jon. Anatomia Humana. 7. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2014.

MÉHEUT, Martine. Designing and validating two teaching–learning sequences about particle models. International Journal of Science Education, v. 26, n. 5, p. 605-618, 2004.

MÉHEUT, Martine. Teaching-learning sequences tools for learning and/or research. In: BOERSMA, Kerst et al. (Eds). Research and the Quality of Science Education. Dordrecht: Springer, 2005. p. 195-207.

MÉHEUT, Martine; PSILLOS, Dimitris. Teaching–learning sequences: aims and tools for science education research. International Journal of Science Education, v. 26, n. 5, p. 515-535, 2004.

MOORE, Carlos. Racismo e Sociedade: novas bases epistemológicas para entender o racismo. Belo Horizonte: Mazza, 2007.

MUNANGA, Kabengele. (Org). Superando o racismo na escola. 2.ed. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005.

NAVAS, Ana Luiza Gomes Pinto et al. Divulgação científica como forma de compartilhar conhecimento. CoDAS, v. 32, p. 1-3, 2020.

NG, Chin Ting Justin. Vivien Thomas (1910–1985): The Backstage Pioneer and Educator. Journal of Investigative Surgery, v. 27, n. 3, p. 131-138, 2014.

PINHEIRO, Bárbara Carine Soares; ROSA, Katemari. (Org). Descolonizando saberes: a lei 10639/2003 no ensino de ciências. São Paulo: Livraria da Física, 2018.

PINHEIRO, Bárbara Carine Soares. Educação em Ciências na Escola Democrática e as Relações Étnico-Raciais. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 19, p. 329-344, 2019.

PRESTES, Maria Elice Brzezinski; CALDEIRA, Ana Maria de Andrade. Introdução. A importância da história da ciência na educação científica. Filosofia e história da biologia, v. 4, n. 1, p. 1-16, 2009.

PROFESSOR GABRIEL RIBEIRO - UFRB. Derivação Thomas_Blalock_Taussig_LicBio_2020.2. YouTube, 29 de setembro de 2021. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=w3Gco4NqIE0. Acesso em: 20 de outubro de 2022.

RIBEIRO, Gabriel; COELHO DA SILVA, José Luís de Jesus. A imagem do cientista: impacto de uma intervenção pedagógica focalizada na história da ciência. Investigações em Ensino de Ciências (Online), v. 23, n. 2, p. 130-158, 2018.

RIBEIRO, Gabriel. Relações étnico-raciais no ensino de Anatomia Humana. Revista Docencia do Ensino Superior, v. 12, p. 1-18, 2022.

SILVA, Erivanildo Lopes; WARTHA, Edson José. Estabelecendo relações entre as dimensões pedagógica e epistemológica no Ensino de Ciências. Ciência & Educação (Bauru), v. 24, n. 2, p. 337-354, 2018.

SILVÉRIO, Florença Freitas; MOTOKANE, Marcelo Tadeu. O Corpo Humano e o negro em livros didáticos de biologia. Contexto & Educação, v. 34, n. 108, p. 26-41, 2019.

THOMAS, Vivien Theodore. Partners of the Heart: Vivien Thomas and his work with Alfred Blalock: An Autobiography. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1985.

TIMMERMANS, Stefan. A black technician and blue babies. Social Studies of Science, v. 33, n. 2, pág. 197-229, 2003.

VERRANGIA, Douglas; SILVA, Petronilha Beatriz Gonçalves e. Cidadania, relações étnico-raciais e educação: desafios e potencialidades do ensino de ciências. Educação e Pesquisa (USP. Impresso), v. 36, p. 705-718, 2010.

YOUNT, Lisa. Alfred Blalock, Helen Taussig, and Vivien Thomas: Mending Children’s Hearts (Trailblazers in Science and Technology). New York: Chalsea Hause, 2012.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed Editora, 1998.

Downloads

Publicado

20-11-2023

Como Citar

RIBEIRO, Gabriel; SANTOS, Tamerson Bispo. QUESTÕES DE RAÇA E SANGUE: PROPOSTA DE SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO DE FISIOLOGIA HUMANA. Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 9, n. 2, p. 179–199, 2023. DOI: 10.12957/riae.2023.73238. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/73238. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ - 20 ANOS DA LEI 10.639: CONVERSAS CURRICULARES ENTRE SABERES, PRÁTICAS E POLÍTICAS ANTIRRACISTAS