O perfume da Rosa Benedita

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2021.63467

Palavras-chave:

educação, comunidade quilombola, Mato Grosso

Resumo

No artigo em questão, o qual eu defino de modo particular como um relato poético de experiência, apresento a história de Benedita Rosa, mulher preta, quilombola, professora, e mestra, que encontrou na educação um caminho para lutar por sua comunidade e oferecer melhores estratégias para vencer o racismo estrutural, que tanto paralisa a população negra e os acessos á condições melhores de vida. Utilizei de informações passadas pela própria Benedita, bem como uma entrevista sua dada a rede social do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso.

Referências

BOSI, Ecléa. Memória e Sociedade: lembranças de velhos. 2 ed., São Paulo, T.A. Queiroz: Editora da Universidade de São PAULO, 1987, p. 399.

BRASIL. Lei Federal n. 10.639/2003, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei n. 9. 394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira”, e dá outras providências. Brasília -DF, 2003. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.639.htm>. Acesso em: 26 jun. 2020.

BRASIL. Lei Federal n.11645, de 10 de março de 2008. Altera a Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, modificada pela Lei n. 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade de temática “História e Cultura Afro-brasileira e Indígena”. Brasília, 2008. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11645.htm>. Acesso em: 26 jun. 2020.

PAIXÃO, Marcelo. A dialética do bom aluno: relações raciais e o sistema educacional brasileiro. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2008. 104 p.

RESENDE-SILVA, Simone. Quilombos no Brasil a memória como forma de reinvenção da identidade e territorialidade negra. In: Conflito, Territorialidade e Desenvolvimento: algumas reflexões sobre o campo amapaense. Dourados, MS: Ed. UFGD, 2014. 13-39p.

SANTOS, Antônio Bispo dos. Invasão e Colonização. In: Colonização, Quilombos modos e significados. Brasília. 2015.

Downloads

Publicado

17-11-2021

Como Citar

SOUZA, Emanuelle Carine da Silva. O perfume da Rosa Benedita. Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 1278–1287, 2021. DOI: 10.12957/riae.2021.63467. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/63467. Acesso em: 20 abr. 2024.