CIEP como espaço de educação social: apontamentos sobre o programa especial de educação (PEE)

Autores

  • Patricia Flavia Mota UERJ/ FFP
  • Arthur Vianna Ferreira UERJ/ FFP
  • Marcio Bernardino Sirino UNIRIO

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2017.31714

Palavras-chave:

CIEP, Educação Integral, Educação em Tempo Integral, Pedagogia Social, Educação Social.

Resumo

Toda educação é social ou, pelo menos, deveria ser social. Esta construção nos é potencializada quando a articulamos com os conceitos de educação integral e(m) tempo integral, uma vez em que a ampliação da jornada escolar dos educandos nos possibilita repensar a função social da educação e o papel da escola. Neste contexto, eis que elaboramos este artigo na perspectiva de resgatar a discussão sobre o Programa Especial de Educação (PEE) dos Centros Integrados de Educação Pública (CIEPs) em articulação com os conceitos fundantes de uma educação que desperte uma consciência política, libertação e emancipação dos sujeitos – elementos estes que bebem da fonte da Pedagogia Social para alimentar esta discussão socioeducativa.

Biografia do Autor

Patricia Flavia Mota, UERJ/ FFP

Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação – Processos Formativos e Desigualdades Sociais da Faculdade de Formação de Professores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (PPGEDU – FFP/ UERJ); Bacharel e Licenciada em Letras – Português/Espanhol pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Professora do Ensino Fundamental da Prefeitura Municipal de Duque de Caxias; Integrante do Núcleo de Estudos “Tempos, Espaços e Educação Integral” (NEEPHI – UNIRIO); Pesquisadora Convidada do Projeto de Extensão, Estudos e Pesquisas Fora da Sala de Aula – UERJ/FFP

Arthur Vianna Ferreira, UERJ/ FFP

Doutor em Educação: Psicologia da Educação pela PUC-SP. Professor adjunto do departamento de Educação da Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ/ FFP. Coordenador- Pesquisador do Projeto de Extensão, Estudos e Pesquisas “Fora da Sala de Aula” – UERJ/FFP

Marcio Bernardino Sirino, UNIRIO


Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (PPGEdu – UNIRIO); Especialista em Alfabetização dos Estudantes das Classes Populares (UFF – Angra dos Reis); Pedagogo (UCB); Servidor Público da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis (PMAR); Membro do Núcleo de Estudos “Tempos, Espaços e Educação Integral” (NEEPHI – UNIRIO); Pesquisador do Projeto de Extensão, Estudos e Pesquisas Fora da Sala de Aula – UERJ/FFP

Referências

BOMENY, Helena. A escola no Brasil de Darcy Ribeiro. Brasília: Em Aberto, v.22, n. 80, p.83-96, abr. 2009.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 24 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 de jun. 2014.

CALIMAN, Geraldo. Pedagogia social: seu potencial crítico e transformador. Revista de Ciências da Educação – UNISAL-Americana/SP-Ano XIII- Nº23- 2º Semestre/2010.

CANÁRIO, Rui. A escola: das “promessas” às “incertezas”. Educação Unisinos. V.12- N.2, maio/agosto, 2008.

CAVALIERE, Ana Maria Cavaliere. Escolas de tempo integral versus alunos em tempo integral. Em Aberto, Brasília, v.22, n. 80, p.51- 63, abr 2009a.

____________.Escolas de tempo integral: uma ideia forte, uma experiência frágil. In.: COELHO, Lígia Martha Coimbra da Costa; CAVALIERE, Ana Maria Vilela (Orgs.). Educação brasileira em tempo integral. Petrópolis (RJ): Vozes, 2002.

____________. Conceito de educação integral é um conceito em construção. Jornal do professor. Rio de Janeiro, 27 maio 2009b. Disponível em: < http://portaldoprofessor.mec.gov.br/noticias.html?idEdicao=21&idCategoria=8>. Acesso em: 22. 05. 2017.

COELHO, Lígia Martha Coimbra da Costa. História(s) da educação integral. Brasília: Em Aberto, v.22, n. 80, p.83-96, abr. 2009.

____________; MAURÍCIO, Lúcia Velloso. Sobre Tempo e Conhecimentos Praticados na Escola de Tempo Integral. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 41, n. 4, p. 1095-1112, out./dez. 2016

FERREIRA, Arthur Vianna. Representações sociais e evasão educacional em espaços não escolares. Curitiba: CRV Editora, 2016.

GADOTTI, Moacir. Educação integral no Brasil: inovações em processo. São Paulo: Editora e Livraria do Instituto Paulo Freire, 2009.

MAURÍCIO, Lúcia Velloso. Escritos, representações e pressupostos da escola pública de horário integral. Brasília: Em Aberto, v.22, n. 80, p.83-96, abr. 2009.

MOURA, Rogério. Pedagogia Social: o conceito, o legado alemão e os desafios para sua reconstrução na América Latina. In: SILVA, Roberto; SOUZA NETO, João. Pedagogia Social: contribuições para uma teoria geral da Educação Social. São Paulo: Expressão &Arte Editora, 2011.

NEPOMUCENO, Eric. Somos todos culpados: pequeno livro de frases e pensamentos de Darcy Ribeiro. Rio de Janeiro: Record, 2001.

NIEMEYER, Oscar. A arquitetura dos CIEPs. In.: RIBEIRO, Darcy. Balanço crítico de uma experiência educacional. Revista Cartas: falas, reflexões e memórias. Informe de distribuição restrita do Senador Darcy Ribeiro, Brasília, v. 5, n. 15, 1995. [Este número é também conhecido como: O novo livro dos CIEPs].

NUNES, Clarice. Centro Educacional Carneiro Ribeiro: concepção e realização de uma experiência de educação integral no Brasil. Brasília: Em Aberto, v.22, n. 80, p.83-96, abr. 2009.

PAIVA, Jacyara Silva de. Caminhos do educador social no Brasil. Jundiaí (SP): Paco Editoral, 2015.

PEREIRA, Suely de Oliveira. Do CIEP ao ensino superior: novas trajetórias escolares das camadas populares. 2008. 174f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, 2008.

RIBEIRO, Darcy. Balanço crítico de uma experiência educacional. Revista Cartas: falas, reflexões e memórias. Informe de distribuição restrita do Senador Darcy Ribeiro, Brasília, v. 5, n. 15, 1995. [Este número é também conhecido como: O novo livro dos CIEPs].

____________. O livro dos CIEPs. Rio de Janeiro: Bloch, 1986.

SOUZA NETO, João Clemente de. Pedagogia social: a formação do educador social e seu campo de atuação. Cadernos de Pesquisa em Educação PPGE-UFES. Vitória. V.16- N.32, jul./dez. 2010.

TEIXEIRA, Anísio Spíndola. Educação é um direito de todos. 4.ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ

Downloads

Publicado

16-12-2017

Como Citar

MOTA, Patricia Flavia; FERREIRA, Arthur Vianna; SIRINO, Marcio Bernardino. CIEP como espaço de educação social: apontamentos sobre o programa especial de educação (PEE). Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 113–129, 2017. DOI: 10.12957/riae.2017.31714. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/31714. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê temático