SOBRE TEMPORALIDADE E PLANEJAMENTO DE RECURSOS DIDÁTICOS NO SUBPROJETO DE QUÍMICA - VOLTA REDONDA DO PIBID-UFF

Autores

  • Alceu Junior Paz da Silva Universidade Federal Fluminense
  • Denise de Castro Bertagnolli Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.12957/riae.2016.23628

Palavras-chave:

Noções de tempo, Teoria Histórico-Cultural, Recursos Didáticos, Educação em Química.

Resumo

As distintas transformações que caracterizam a sociedade no capitalismo tardio têm sido refletidas em função da noção de tempo. Nesse contexto, a problematização da ideia de tempo nas práticas de planejamento de recursos didáticos em Química, no âmbito do Pibid, apareceram como objeto de investigação. Utilizando aproximações com a teoria Histórico- Cultural procuramos orientar a produção organização de materiais para o ensino de Química por meio da reflexão sobre suas implicações temporais. Como resultado criamos uma artefato mobilizador de ideias (esqueleto de peixe) para a construção de propostas pedagógicas temáticas em Química, voltadas ao Ensino Médio.

 

Biografia do Autor

Alceu Junior Paz da Silva, Universidade Federal Fluminense

Mestre em Educação pela UFSM, Professor Assistente,  Coordenador de Área do Subprojeto de Química – Volta Redonda do Pibid-UFF.

Denise de Castro Bertagnolli, Universidade Federal Fluminense

Doutora em Química pela UFSM/Jacobs University - Bremen, , Professora Adjunta, Coordenadora de Área do Subprojeto de Química – Volta Redonda do Pibid-UFF.

Referências

ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

BARBER, B. R. Consumido... Rio de Janeiro: Record, 2009.

CARVALHO, A. M. P. de O ensino de Ciências e a proposição de sequências de ensino investigativas. In: CARVALHO, A. M. P. de (Org.) Ensino de Ciências por Investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage, 2013.

CARVALHO, E. R. de. Norbert Elias frente aos desafios de superação da aporia entre tempo físico e tempo social. In: Anais do VI Seminário Brasileiro de História da Historiografia p. 01–12, 2012. Disponível em: <http://zip.net/bjtnv2> Acesso em: 15 abr. 2014.

CHAIKLIN, S. The Zone of Proximal Development in Vygotsky’s Analysis of Learning and Instruction In: KOZULIN, A. et al. (Orgs) Vygotsky’s Educational Theory in Cultural Context. New York: Cambridge, 2003.

COSTA, A. J. A.; PASCUAL, J. G. Análise sobre as emoções no livro Teoría de las emociones (Vigotski). Psicologia & Sociedade v. 24, n. 3, p. 628–637, 2012.

CRARY, J. 24/7 - Capitalismo tardio e os fins do sono. 1. ed. São Paulo: Cosac Naify, 2014.

DANIELS, H. Vygotsky e a Pesquisa. São Paulo: Loyola, 2011.

DELIZOICOV, D. e ANGOTTI, J. A. Metodologia do Ensino de Ciências. São Paulo: Cortez, 1990.

ELIAS, N. Sobre o tempo. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

GEHLEN, S. T.; MALDANER, O. A.; DELIZOICOV, D. Momentos pedagógicos e as etapas da situação de estudo: complementaridades e contribuições para a educação em ciências. Ciência & Educação v. 18, n. 1, p. 1–22 , 2012.

KARPOV, Y. V. Vygotsky’s Doctrine of Scientific Concepts: Its Role for Contemporary Education In: KOZULIN, A. et al. (Orgs) Vygotsky’s Educational Theory in Cultural Context. Reino Unido: Cambridge, 2003.

LEMKE, J. Multimodality, Identity, and Time. In: JEWITT, C. The Routledge Handbook of Multimodal Analysis. London: Routledge, 2009. p. 140-150.

LEMKE, J. Across the scales of time: artifacts, activities, and meanings in ecosocial systems. Mind, Culture, and Activity, 7(4), 2000. p. 273–290.

LIPOVETSKY, G. Os tempos Hipermodernos. São Paulo: Barcelona, 2004.

PRESTES, Z. R. 80 anos sem Lev Semionovitch Vigotski e a arqueologia de sua obra. Revista Eletrônica de Educação v. 8, n. 3, p. 5–14, 2014.

PRESTES, Z. R. Quando não é quase a mesma coisa: análise de traduções de Lev Semionovitch Vigotski no Brasil – Repercussões no campo educacional. Doutorado – UnB, Brasília, 2010.

PRESTES, Z. R. e TUNES, I. A trajetória de obras de Vigotski: um longo percurso até os originais. Estudos de Psicologia v. 29, n. 3, p. 327–340, 2012.

SINGER, H. The beat of the System. [S.l.]: BBC Television, 1994

TOASSA, G. Emoções e vivências em Vigotski: investigação para uma perspectiva histórico-cultural Instituto de Psicologia – USP - Tese de Doutorado – São Paulo, 2009. 348 p.

VIGOTSKI, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

VIGOTSKI, L. S. Imaginación y creación en la edad infantil. 2. ed. Lanús Oeste: Nuestra América, 2012.

VIGOTSKY, L. S. Teoría de las emociones: estudio histórico-psicológico Madrid: Akal, 2004.

YASNITSKY, A. The Complete Works of L.S. Vygotsky: PsyAnima Complete Vygotsky project. Dubna Psychological Journal n. 3, p. 144–148, 2012.

Downloads

Publicado

31-01-2017

Como Citar

SILVA, Alceu Junior Paz da; BERTAGNOLLI, Denise de Castro. SOBRE TEMPORALIDADE E PLANEJAMENTO DE RECURSOS DIDÁTICOS NO SUBPROJETO DE QUÍMICA - VOLTA REDONDA DO PIBID-UFF. Revista Interinstitucional Artes de Educar, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 201–230, 2017. DOI: 10.12957/riae.2016.23628. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/riae/article/view/23628. Acesso em: 13 jul. 2024.