Maíra Azevedo: uma influenciadora digital na rede ciberaxé

Autores

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2021.57122

Palavras-chave:

Rede Ciberaxé, Tia Má, Virtualidade, Candomblé, Ciberespaço, Subjetividade

Resumo

O artigo apresenta parte de uma pesquisa sobre a rede ciberaxé, que representa a rede de conteúdos sobre  universo religioso afro-diaspórico, que circula no ciberespaço, através de diferentes plataformas digitais. O texto estuda uma representante dessa rede, Maira Azevedo, a Tia Má, influenciadora digital com notoriedade em várias plataformas virtuais, discutindo temas relacionados ao candomblé, mulher negra, dentre outros. Para realizar este estudo foi utilizado publicações suas postadas no facebook e uma entrevista semi-estruturada feita com ela. Para suporte nas análises os conceitos de virtualidade e subjetividade são acionados em diálogo com a compreensão teórica de Exu sob duas perspectivas: uma enquanto símbolo que representa a comunicação via ciberespaço, como sendo “boca que tudo come”; a outra como fragmentos de pensamento de um coletivo e tradutor de uma compreensão de mundo fora dos cânones ocidentais.  

Biografia do Autor

Lúcio André Andrade da Conceição, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Doutor em Difusão do Conhecimento pela Universidade Federal da Bahia (2019), Mestre em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (2006), Licenciado em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia (2000). Atualmente é professor do Instituto Federal da Bahia. Tem experiência de pesquisa em: educação, cultura digital, redes sociais, religiosidade afro-brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: candomblé, cultura, cibercultura e formação docente

Referências

AZEVEDO, Maira. Se eu fosse você não postava coisas de candomblé. Salvador. 04/06/2017. Facebook: página pessoal. https://www.facebook.com/dicasdatiama/photos/a.1038448752856447/155020513834740/?type=3

AZEVEDO, Maira. E assim começa o meu dia....Salvador,16/06/2017. Facebook: Casa de Oxumarê. https://www.facebook.com/casadeoxumare/posts/1484365011586732:0

AZEVEDO, Maira. Sou iniciada, raspada, catulada no Candomblé há 12 anos. Salvador, 23/08/2017. Facebook: página pessoal. https://www.facebook.com/maira.azevedo25/posts/1861159403900873

AZEVEDO, Maira. As redes sociais, hoje, contribuem para o meu sustento! Salvador, Dia 29/12/2018 (A). Facebook: página pessoal. https://www.facebook.com/maira.azevedo25/posts/2510495772300563

AZEVEDO, Maira. Só me dói perceber... Salvador, 29/12/2018 (B). Facebook: página pessoal. https://www.facebook.com/maira.azevedo25/posts/2510451392305001

AZEVEDO, Maira. LEVIANA OU IGNORANTE?? Salvador, 29/03/2019. Facebook: página pessoal. https://www.facebook.com/dicasdatiama/posts/2377685712266071:0

BRAGA, Júlio. Fuxico no Candomblé: estudos afro-brasileiros. Feira de Santana: UEFS, 1988.

CASTELL, Manuel. A Galáxia da Internet: reflexões sobre internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro; Zahar Ed., 2003

CASTILHO, Lisa Earl. Entre a oralidade e a escrita: a etnografia dos candomblés da Bahia. Salvador: EDUFBA, 2010.

GUATARRI, Felix. CAOSMOSE: um novo paradigma estético. Rio de Janeiro; Editora 34, 1992

LOPES, Emmanuel Bastos de Magalhães. Ebó-Virtual: internet, candomblé e disputas simbólicas em Fortaleza, Recife: UFPE, Programa de Pós Graduação em Antropologia. Dissertação, 2012.

PAZ, Adilson Meneses da. PEDRINHA MIUDINHA EM ARUANDA Ê, LAJEDO: o modo de vida da umbanda. Salvador; UFBA. Programa de Doutorado Multi-institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento. Tese, 2019.

RECUERO, Raquel. Redes Sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.

SANTAELLA, Lúcia. Culturas e Artes do Pós-humano: da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo; Paulus, 2003.

SIBÍLIA, Paula. Show do Eu: A intimidade como espetáculo. 2ª Ed. Contraponto, Rio de Janeiro; RJ, 2016.

SILVA, Patrícia Ferreira e. AXÉ-ONLINE: a presença das religiões afro-brasileiras

no ciberespaço. São Paulo: USP, Programa de Pós Graduação em Antropologia Social. Dissertação, 2013

Downloads

Publicado

2021-07-12

Como Citar

CONCEIÇÃO, Lúcio André Andrade da. Maíra Azevedo: uma influenciadora digital na rede ciberaxé. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 217–242, 2021. DOI: 10.12957/redoc.2021.57122. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/57122. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo Seção Temática