O DESENVOLVIMENTO DO COMITÊ PARA DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMÁTICA E A CIBERCULTURA: O CASO SERGIPE

Autores

  • Cristiane Tavares Fonseca de Moraes Nunes UFS

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2018.32883

Palavras-chave:

Comitê para Democratização da Informática (CDI). Inclusão Digital. Organizações Não Governamentais.

Resumo

Este artigo investiga a história do Comitê para Democratização da Informática em Sergipe. Trata-se de um estudo sobre uma Organização não governamental que objetivou promover a educação informal através das chamadas Escolas de Informática e Cidadania

Biografia do Autor

Cristiane Tavares Fonseca de Moraes Nunes, UFS

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Sergipe. Membro do Grupo de Estudos do Tempo Presente - GET/UFS.

Downloads

Publicado

2018-03-16

Como Citar

NUNES, Cristiane Tavares Fonseca de Moraes. O DESENVOLVIMENTO DO COMITÊ PARA DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMÁTICA E A CIBERCULTURA: O CASO SERGIPE. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 85–106, 2018. DOI: 10.12957/redoc.2018.32883. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/32883. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo Fluxo Contínuo