EXPERIÊNCIAS ESTÉTICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A PARTIR DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DESENHADAS PELA ARTE – A CAMINHADA DESTA PESQUISA

Andréia Haudt da Silva, Maristani Polidori Zamperetti

Resumo


Resumo: Este artigo trata das contribuições da pesquisa: Experiências estéticas na educação infantil – práticas pedagógicas desenhadas pela arte. A pesquisa foi desenvolvida em uma escola de educação infantil da rede municipal de Pelotas, no Rio Grande do Sul, a partir da problemática: Que espaços e tempos são promovidos pelos professores de Educação Infantil para favorecer a ocorrência de experiências estéticas no cotidiano das crianças? Foi possível perceber que para a promoção de tempos e espaços que possibilitem experiências estéticas faz-se necessário educar o olhar e a escuta docente. Este é um trabalho que começa desde a formação do professor de educação infantil e ocorre também no exercício de sua prática.

 

Palavras-chave: Arte; Educação Infantil; Experiências Estéticas; Formação Docente.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2021.55372

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: