IVALDO BERTAZZO, O MESTRE DO GESTO EXPRESSIVO: UM OLHAR PARA O CORPO E O MOVIMENTO NA EDUCAÇÃO

Adriana Andrade Alves

Resumo


O estudo do corpo na educação, enquanto elemento básico da formação e transformação do sujeito, raramente atravessa os processos formativos - docentes e discentes - e isso reflete a persistência de um lugar de silenciamento do corpo no cenário educacional. O corpo docilizado de Foucault (2009) é, ainda, uma realidade presente em muitas escolas brasileiras e isso reflete o quanto a educação precisa se movimentar nesse campo de discussão e ação. Atualmente já dispomos de estudos e práticas provenientes de diferentes áreas de conhecimento  - arte, dança, teatro, antropologia, biologia, filosofia, medicina, multiculturalismo etc.- que vêm contribuindo para contrapor à visão mecanicista do corpo, que o formatou segundo uma economia produtivista,  perspectivas outras que reorientam a compreensão do corpo a partir do protagonismo do mesmo nas interações com o mundo e na construção de realidades existenciais mais viáveis à vida humana e planetária. Os estudos de Ivaldo Bertazzo acerca da reeducação do corpo aparecem como um campo de investigação e conhecimento importantes para mobilizar o olhar para o corpo dinâmico, vívido, sensível e cognoscente na educação. Ao longo dos seus mais de 30 anos de pesquisa e estudo, “uma vida inteira dedicada a isso” como o mestre sublinha, desenvolveu um sólido trabalho na educação do corpo e transformação do gesto a partir da investigação do funcionamento do aparelho locomotor e da biomecânica humana, que culminou na criação da Escola do Movimento em 1975 e no desenvolvimento do Método Bertazzo.


Palavras-chave


Corpo; Educação; Movimento

Texto completo:

PDF

Referências


BERTAZZO, Ivaldo. Fases da vida: da gestação à puberdade. 1 ed. São Paulo: Edições SESC SP, 2018. 224p.

BERTAZZO, Ivaldo. Gesto Orientado: Reeducação do Movimento. 1 ed. São Paulo: Edições SESC SP, 2014. 384p.

BERTAZZO, Ivaldo. Cérebro Ativo: Reeducação do Movimento. 1 ed. São Paulo: Edições SESC SP, 2012. 272p.

BERTAZZO, Ivaldo. Corpo Vivo: Reeducação do Movimento. 1 ed. São Paulo: Edições SESC SP, 2010. 256p.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: história da violência nas prisões. 36ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2019.46061

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: