SOCIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO E O PIBID: BRINCANDO, PENSANDO E CONSTRUINDO PRÁTICAS EDUCATIVAS COM AUTONOMIA

Elisabete Cristina Cruvello da Silveira, Natália Pereira, Wallace Moura

Resumo


O artigo tece reflexões sobre práticas educativas críticas no ensino de Sociologia no âmbito do PIBID. Conceitos como mediação didática e autonomia à luz dos aportes de Freire, Arroyo, Verhaege, Wolfs, Simon, Compère, Schwartz e Almeida serviram para captar as vivências realizadas na escola, bem como elabora-las conceitualmente. O uso de jogos didáticos e as vivências na semana da Consciência Negra representam os exemplos concretos das práticas educativas que criaram centros de interesse e chaves de leitura essenciais ao processo de transposição didática como prática epistemológica. Além disso, essas atividades assinalam a relevância do PIBID como campo concreto para elaborar novos dispositivos de aprendizagem e outras práticas educativas relevantes no ensino da Sociologia.


Palavras-chave


Práticas educativas críticas; Mediação didática; Sociologia no Ensino Médio; Autonomia; PIBID.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Geraldo Peçanha de. Transposição didática. Por onde começar? São Paulo: Cortez, 2007.

ARROYO, Miguel G. Outros sujeitos. Outras Pedagogias. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

BERGER, Peter. Perspectivas sociológicas: uma visão humanista. Petrópolis: Vozes, 1986.

CARVALHO, Lejeune Mato Grosso Xavier de (Organizador). Sociologia e Ensino em Debate. Experiências e Discussão de Sociologia no Ensino Médio. Ijuí: Editora Ijuí, 2004.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

_______. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

OLIVEIRA, Luiz Fernandes de (Organizador). Ensino de Sociologia. Desafios teóricos e pedagógicos para as Ciências Sociais. Seropédica, RJ: Ed. da UFRRJ, 2013.

SCHWARTZ, Gilson. Brinco, logo aprendo. Educação, videogames e moralidades pós-modernas. São Paulo: Paulus, 2014.

VERHAEGHE, Jean-Claude et alli. Praticar a Epistemologia. Um manual de iniciação para professores e formadores. São Paulo: Edições Loyola, 2010.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2016.25701

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: