PESQUISA (AUTO)BIOGRÁFICA, CULTURA E COTIDIANO ESCOLAR: DIÁLOGOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS

Elizeu Clementino Souza, Rita de Cássia Magalhães Oliveira

Resumo


O texto sistematiza questões teórico-metodológicas sobre pesquisa (auto)biográfica e suas relações com as práticas cotidianas construídas numa escola rural da comunidade rural-quilombola no distrito de Matinha dos Pretos em Feira de Santana-Ba, configurando-se como entrada de um subprojeto da pesquisa ‘Diversas ruralidades – Ruralidades diversas: sujeitos, instituições e práticas pedagógicas’, financiada pela Fapesb e CNPq. Objetiva analisar modos como as culturas desta comunidade são reconstruídas nas práticas cotidianas da escola, através da utilização de entrevistas narrativas, grupo de discussão e registros no diário de campo, como dispositivos férteis para a apreensão da cultural local e suas interfaces com o cotidiano escolar.

Palavras-chave


Pesquisa (Auto)biográfica; Narrativas de vida; Cotidiano escolar; Comunidade rural-quilombola.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Nilda. Cultura e cotidiano escolar. In: Revista Brasileira de Educação, Campinas, ANPEd, Autores Associadas, nº 23, p. 62-74, maio/ago. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n23/n23a04.pdf. Acesso em: abril 2014.

ARFUCH, Leonor. O espaço biográfico: dilemas da subjetividade contemporânea. Trad. Paloma Vidal. – Rio de Janeiro: EDUERJ, 2010.

BATISTA NETO, José. Algumas considerações teóricas e metodológicas sobre a abordagem biográfica, instrumento da pesquisa educacional e da formação: contribuições da Escola de Chicago e do interacionismo simbólico. In.: Encontro de Pesquisa Educacional do Norte e Nordeste. 18°, 2007, Maceió, Anais... Macieó, EDUFAL, p. 1-18.

BAUMAN. Zigmund. Sociedade individualizada: vidas contadas e histórias vividas. Tradução José Gradel. – Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura; tradução Sérgio Paulo Rouanet. Obras escolhidas - Vol.1 – 8ª Ed. Revista – São Paulo: Brasiliense, 2012.

BERTAUX, Daniel. Narrativas de vida: a pesquisa e seus métodos. Trad. Zuleide Alves Cardoso Cavalcante, Denise Maria G. Lavallé. Natal, RN: EDUFRN, São Paulo. Paulus, 2010.

BOHNSACK, R.; WELLER, W. O método documentário na análise de grupos de discussão. In: WELLER, W.; PFAFF, Nicole. (Org.). Metodologia da pesquisa qualitativa em educação. 2. Ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2011, p. 67-86.

CAVALLEIRO, Eliane Santos. Considerações sobre etnografia na escola e prática de investigação sobre as relações raciais e de gênero. In: WELLER, W.; PFAFF, N. (Org.). Metodologia da pesquisa qualitativa em educação. 2. ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2011, p. 271-288.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: 1. Arte de fazer. 18. ed. Tradução de Efphraim F. Alves. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

CROODS, Os. Direção: Kirk De Micco; Chris Sanders. Produção:Kristine Belson, Jane Hartwell. 1 DVD (99 min), NTSC, color. Gênero Animação. EUA, 2013. Distribuidora: Fox Filme do Brasil. Título original: The Croods.

CUNHA, Jorge Luiz da. Pesquisa com (auto)biografias: interfaces em tempos de individualização. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna; PASSEGI, Maria da Conceição. (Org.). Dimensões epistemológicas e metodológicas da pesquisa (auto)biográfica: Tomo I. Natal: EDUFRN; Porto Alegre: EDIPUCRS; Salvador: EDUNEB, 2012, p. 95-113.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Biografia e educação: figuras do indivíduo-projeto; tradução de Maria da Conceição Passegi, João Gomes da Silva Neto e Luis Passegi. – Natal, RN: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2008.

____________________________. A pesquisa biográfica: projeto epistemológico e perspectiva metodológica. Tradução de Albino Pozzer. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. PASSEGI, Maria da Conceição. (Org.). Dimensões epistemológicas e metodológicas da pesquisa (auto)biográfica: Tomo I. Natal: EDUFRN; Porto Alegre: EDIPUCRS; Salvador: EDUNEB, 2012, p. 71-94.

FERRAROTI, Franco. Sobre a autonomia do método bográfico. In: NÓVOA, António.; FINGER, Matthias. O método (auto)biográfico e a formação. Natal, RN EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010, p. 31-57.

FINGER, Matthias. O método (auto)biográfico e a formação. . In: NÓVOA, António.; FINGER, Matthias. O método (auto)biográfico e a formação. Natal, RN EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010, p. 19-29.

FURLANETTO, E. C. Os caminhos de construção de uma pesquisa simbólica. In: SOUZA, Elizeu Clementino de. PASSEGGI, Maria da Conceição. (Org.). Pesquisa (auto)biográfica: cotidiano, imaginário e memória. Natal, RN, São Paulo, 2008, p. 91-111.

GADAMER, H-G. Verdade e Método. Rio de Janeiro: Vozes. Editora Unisinos, 1996.

GALEFFI, Dante. O rigor nas pesquisas: uma abordagem fenomenológica em chave transdisciplinar. In: MACEDO, Roberto Sidnei. Um rigor outro sobre a qualidade na pesquisa qualitativa: educação e ciência humana. Salvador: EDUFBA, 2009, p. 13-74.

GEIMER, Alexander. Práticas culturais de recepção e apropriação de filmes na perspectiva da Sociologia Praxeológica do Conhecimento. In: WELLER, W.; PFAFF, N. Metodologias da pesquisa qualitativa em educação. 2. Ed., Petrópolis, Rj: Vozes, 2011. p. 135-150.

GOSS, K. P. Trajetórias militantes: análise de entrevistas narrativas com professores e integrantes do movimento negro. In: WELLER, W.; PFAFF, N.; (Org.). Metodologia da pesquisa qualitativa em educação. 2. ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2011, p. 223-238.

JOVCHELOVITCH, S.; BAUER, M. Entrevista narrativa. In: BAUER, Martin W.; GASKEEL, George (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto: imagem e som: um manual prático. Tradução Pedrinho A. Guareschi. Petrópolis: Vozes, 2002, p. 90-113.

MACEDO, Roberto Sidnei. Atos de currículo formação em ato? para compreender, entender e problematizar o currículo e formação. Ilhéus: Editus, 2009.

_____________________. Etnopesquisa crítica/etnopesquisa-formação. Série Pesquisa, Brasília: Líber Livro Editora, 2007.

MELO NETO, João Cabral de. Poemas. In: MACHADO, L. R. Novas Seletas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002, p.13, 23, 29.

MOTEAGUDO, J. González. As histórias de vida em educação: entre a formação, pesquisa e testemunho. In: SOUZA, Elizeu Clementino de. (Org.). Memória, (Auto)biografia e diversidade: questões de método e trabalho docente. Salvador: EDUFBA, 2011, p. 135-148.

NÓVOA, António. A formação tem que passar por aqui: as histórias de vida do Projeto Prosalus. In. NÓVOA, A.; FINGER, M. (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. – Natal: EDUFRN, São Paulo: Paulus, 2010, p. 155-187.

OLIVEIRA, I. B. de. Estudos do cotidiano e pesquisa em educação: Interfaces com as narrativas autobiográficas na compreensão do potencial emancipatório das práticas educativas cotidianas. In: SOUZA, E. C. de.; PASSEGGI, M. da C. (Org.). Pesquisa (auto)biográfica: cotidiano, imaginário e memória. Natal, RN, São Paulo, 2008, p. 163-182.

PINEAU, G.; LE GRAND, Jean-Louis. As histórias de vida. Trad. Carlos Eduardo Galvão Braga e Maria da Conceição Passeggi. Natal, RN: EDUFRN, 2012.

SOUZA, E. C. de. A arte de contar e trocar experiências: reflexões teórico-metodológicas sobre história de vida em formação. In. Revista Educação em Questão, Natal, v. 25, n. 11, p. 22-39, jan./abr. 2006.

______________. Diálogos cruzados sobre pesquisa (auto)biográfica: análise compreensiva-interpretativa e política de sentido. In: Revista do Centro em Educação UFSM, Santa Maria, Rio Grande do Sul, v. 39, n. 1, p. 39-50, jan./abr. 2014.

WELLER, W. Grupos de discussão: aportes teóricos e metodológicos. In: WELLER, W.; PFAFF, N. (Org.). Metodologia da pesquisa qualitativa em educação. 2. ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2011, p. 55-66.




DOI: https://doi.org/10.12957/riae.2016.25506

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2359-6856

 


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexada em:


 

 

Realização: