A experiência emocional atualizadora em Gestalt-terapia de curta duração

Ênio Brito Pinto

Resumo


Apresenta-se e se discute o conceito, de Alexander, de experiência emocional corretiva, sob a ótica da abordagem gestáltica. Propõe-se que em Gestalt-terapia se deva falar em experiência emocional atualizadora. Discute-se a noção de neurose e de psicopatologia em Gestalt-terapia, bem como as implicações desses conceitos no processo de Gestalt-terapia de Curta Duração.

Palavras-chave


Experiência emocional corretiva; Experiência emocional atualizadora; Gestalt-terapia de Curta Duração; Relação terapêutica; Auto-atualização

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2009.9136

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com