Percepção de Desenvolvimento Profissional e de Empregabilidade em Universitários: Uma Análise Comparativa

Luara Carvalho, Luciana Mourão

Resumo


Em um contexto em que cresce o número de desempregados que têm Ensino Superior, o planejamento de carreira pode ser um diferencial importante tanto no desenvolvimento profissional, quanto na empregabilidade de universitários. O objetivo deste estudo foi comparar as percepções de desenvolvimento profissional e de empregabilidade de universitários que planejam ou não sua carreira. Participaram 2.291 universitários de diferentes cursos e instituições (60% mulheres; média de 27 anos). Os instrumentos adotados foram Escala de Percepção Evolutiva do Desenvolvimento Profissional e Escala de Autopercepção de Empregabilidade, ambas com evidências de validade. Nos procedimentos de análises de dados, utilizamos análise de covariância, a fim de comparar grupos sem o possível efeito de covariantes. Os resultados mostraram que aqueles que planejam a carreira, independentemente do momento do curso em que se encontram ou de participarem de atividades acadêmicas complementares, apresentam percepções mais positivas de seu desenvolvimento profissional e de sua empregabilidade. Esses resultados podem gerar impactos para o planejamento de carreira de universitários e oferecer subsídios para futuras pesquisas sobre desenvolvimento profissional e empregabilidade.

Palavras-chave


desenvolvimento profissional; empregabilidade; planejamento de carreira; universitários

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2021.64033

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com