Representações Sociais de Estudantes de Odontologia sobre o Atendimento em Clínica Odontopediátrica

Elâine Cristina Vargas Dadalto, Edinete Maria Rosa, Zeidi Araújo Trindade

Resumo


O objetivo da pesquisa foi analisar as representações sociais construídas por estudantes de Odontologia sobre o atendimento prestado a crianças. A população-alvo do estudo foi constituída por estudantes de graduação em Odontologia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), entrevistados no 10º período, após terem frequentado as disciplinas de clínica odontopediátrica. As respostas às questões norteadoras foram registradas em áudio, submetidas à análise de conteúdo e interpretadas pela abordagem processual das representações sociais. Participaram 26 estudantes, com média de 23,8±1,4 anos de idade, e a temática da entrevista semiestruturada envolveu expectativas prévias e vivência clínica. As representações que emergiram passaram pelo processo de organização em categorias. As representações sociais construídas por estudantes de Odontologia sobre o atendimento de crianças foram relacionadas à experiência gratificante e proveitosa, embora esta vivência possa ter sido complexa e desafiadora. Ademais, sob a ótica dos estudantes, é necessário ter paciência, ser compreensivo com a criança, manifestar carinho no atendimento, conquistar a confiança e usar a criatividade.

Palavras-chave


representação social; estudantes; odontologia; odontopediatria

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2021.59368

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com