Psicanálise no século XXI: um estudo sobre universidades do Rio de Janeiro e Buenos Aires

María Eugenia González

Resumo


Este artigo se propõe a analisar a situação da psicanálise nos cursos de psicologia das universidades do Rio de Janeiro, estabelecendo uma comparação com o caso de Buenos Aires. Para tal fim, utiliza um método de análise que implica construção documental, entrevistas e estudo teórico sobre a história e a atualidade da psicologia e da psicanálise nessas cidades. Entende-se que, além da chamada "crise" da psicanálise, ela mantém uma posição predominante nesses cursos. Espera-se que este trabalho contribua para uma discussão contextualizada dos cursos de psicologia em suas revisões curriculares

Palavras-chave


Psicanálise; Universidade; Psicologia; Argentina; Brasil

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2018.42230

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com