Os valores da atenção e a atenção como valor

Luciana Vieira Caliman

Resumo


Este artigo sugere que, nos últimos 300 anos das sociedades ocidentais, o direcionamento da atenção foi revestido de um valor moral, existencial, médico e científico. Fazemos uso de trabalhos dos historiadores da atenção Jonathan CRARY, Michael HAGNER e Lorraine DASTON para analisar a história da constituição dos valores da atenção e da atenção como valor. Resgatamos a riqueza e a diversidade teórica presente nos trabalhos dos autores que, no final do século XVIII e durante o século XIX, se ocuparam do tema da atenção e participaram do processo histórico de constituição do seu valor. Concluímos que, nos discursos analisados, a atenção foi conceituada de diversas formas, mas seu dispêndio nunca deixou de ser alvo de julgamentos morais e de valorações sociais.

Palavras-chave


História da psicologia; Atenção; Valor

Texto completo:

PDF HTML


Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com