MEMÓRIAS QUE REINSCRECEM: O USO DA MEMÓRIA NA RECONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA DO QUILOMBO BAIXA GRANDE

Autores

  • Edna Balbina dos Anjos dos Santos Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.12957/redoc.2019.44623

Palavras-chave:

Memória, Identidade, Comunidade, Negra, Quilombola

Resumo

O trabalho discute memória como ferramenta de reconhecimento da identidade. Se trata da auto atribuição de comunidade negra, onde os questionamentos dos mais jovens e o conhecimento dos mais velhos se alinharam ressignificando a identidade quilombola.

Biografia do Autor

Edna Balbina dos Anjos dos Santos, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Quilombola, moradora do Quilombo Baixa Grande, graduanda no curso de graduação em Ciências Sociais do Centro de Artes Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Participou como pesquisadora no processo de auto atribuição da comunidade de Baixa Grande como remanescente quilombola.

Referências

Referências

ALMEIDA, Alfredo Wagner Berno de. Quilombos e as Novas Etnias – Manaus: UEA Edições, 2011.

ARRUTI, José Mauricio. “Quilombos”. Raça: novas perspectivas antropológicas / Lívio Sansone, Osmundo Araújo Pinho (organizadores). - 2 ed. rev. Salvador: Associação Brasileira de Antropologia: EDUFBA, 2008. 447 p.

BARTH, Fredrik. Grupos Étnicos e suas Fronteiras. In: POUTIGNAT, Philippe e STREIFF-FENART, Jocelyne. teorias da etnicidade. São Paulo: Unesp, 1998, p. 185-227.

HALL, Stuart. “Quem precisa de identidade?”. In: SILVA, Tomaz Tadeu (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis: Vozes, 2003.

PINHO, Osmundo. A Antropologia no Espelho da Raça, 2008.

PINHO, Patrícia de Santana. “A África no corpo”. In: Reinvenções da África na Bahia. São Paulo: Annablume, 2004.

PINHO, Patrícia de Santana. “Nascer preto, tornar-se negro, conceber-se humano”. In: Reinvenções da África na Bahia. São Paulo: Annablume, 2004.

SANSONE, Lívio. Nem Somente Preto ou Negro: O Sistema de Classificação Racial no Brasil que Muda. Afro-Ásia, n° 18, pp 165 – 187. 1996.

SANSONE, Lívio. Negritude Sem Etnicidade: O local e o global nas relações raciais e na produção cultural negra do Brasil. Tradução: Vera Ribeiro – Salvador: Edufba; Pallas, 2007.

SCOTT, David. Introducción: Sobre las arqueologías de la memoria negra. small axe 26. June 2008. p v–xvi

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

DOS SANTOS, Edna Balbina dos Anjos. MEMÓRIAS QUE REINSCRECEM: O USO DA MEMÓRIA NA RECONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA DO QUILOMBO BAIXA GRANDE. Revista Docência e Cibercultura, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 235–245, 2019. DOI: 10.12957/redoc.2019.44623. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/re-doc/article/view/44623. Acesso em: 19 jul. 2024.