DE RACISTAS COMPULSÓRIOS A ANTIRRACISTAS: CONTRIBUIÇÕES POSSÍVEIS PARA MUDANÇAS URGENTES / From compulsory racists to anti-racists: possible contributions to urgent changes

Simone Batista Silva

Resumo


Este artigo ensaio tem os objetivos de 1) discutir as três vertentes do racismo brasileiro – individual, institucional e estrutural – diferençando-as e desvelando sua inscrição na realidade brasileira, e 2) defender a imprescindibilidade de estarmos despertos para identificar a engrenagem racista que mantém o funcionamento da sociedade brasileira, e de nos reconhecermos no interior desta, para assumir efetivos posicionamentos antirracistas. Em sua constituição teórica, o trabalho se apoia, principalmente, nos trabalhos de Silvio de Almeida (2020), Lynn Mario Trindade Menezes de Souza (2020a;2020b), Djamila Ribeiro (2017;2019), e Boaventura de Sousa Santos (2019), para discorrer sobre os conceitos de raça e racismo, concebendo-os como construções políticas e sociológicas, e os associa à manutenção das práticas de racismo epistêmico (Grosfoguel, 2016) no Brasil – ação político-ideológica do tempo colonial e que perdura até os dias atuais. Também aponta que o racismo estrutural da sociedade contemporânea imputa a condição de racistas compulsórios a todos os brancos brasileiros que não se engajem na pauta antirracista, uma vez que, se omissos, contribuem para a continuação do discurso racista. O trabalho, por fim, exemplifica atitudes antirracistas, que, mesmo sendo iniciativas individuais e pontuais, constituem-se oportunidades de contribuição para a construção coletiva de novo paradigma discursivo, e podem inspirar possibilidades de educação linguística crítica antirracista nas escolas brasileiras.


Palavras-chave


educação linguística, antirracismo, Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/pr.2021.61166

Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista na BASE Pensares em Revista no Diadorim Pensares em Revista no Google Scholar Pensares em Revista no Latindex Pensares em Revista no Livre Logo do Periódicos CAPES

 

R. Dr. Francisco Portela, 1470 - Patronato, São Gonçalo - RJ, CEP: 24435-005